Destaque

Serviço de Escuta e Acolhimento é lançado em Chapecó

Serviço de Escuta e Acolhimento. Esse é o novo serviço que a Administração Municipal, por meio da Secretaria de Saúde de Chapecó anunciou nesta quarta (15). O atendimento será realizado por 8 psicólogos que atuam na Rede Municipal de Saúde. O serviço é de escuta qualificada por telefone e oferecerá orientações e possíveis encaminhamos para cada caso. O cidadão poderá acessar o serviço de segunda à sexta-feira, das 7h às 19h, pelo telefone (49) 3321-0030.

De acordo com a Coordenadora de Saúde Mental de Chapecó, Luciana Bertaso de Azevedo, para a maioria das pessoas, lidar com a instabilidade emocional causada pela pandemia do Covid-19 não tem sido uma tarefa fácil. Por isso, esse serviço foi pensado para oferecer atendimento visando diminuir ou evitar o agravamento dos casos de saúde mental. “Será um serviço destinado as pessoas que se sintam impactadas emocionalmente por este momento e que necessitem de escuta e orientação”, comentou.

Luciana explica que todas as pessoas que ligarem serão atendidas, lembrando que não se trata de psicoterapia online, porém, o sigilo das informações e código de ética do profissional sempre será mantido. As pessoas irão se identificar com dados pessoais e durante a escuta o psicólogo buscará conhecer a realidade da pessoa, seus medos e angustias. Os casos graves serão encaminhados para os serviços de saúde mental do município, que contam com equipes multiprofissionais.

Luciana destaca que estamos a frente de um grande desafio, onde o isolamento social, a nova rotina, as mudanças de planos, as questões financeiras e principalmente o medo da doença são fatores desencadeantes de crises emocionais , e que cuidar da saúde mental é tão importante quando cuidar da nossa saúde física. (Fonte Secom/Prefeitura de Chapecó).

Receba Notícias no seu WhatasApp?
Clique no link:  https://chat.whatsapp.com/LghOsEwYAqyI6U64hKIOjs

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios