Destaque

Homem curado de câncer terminal com tratamento inédito morre após acidente

O mineiro Vamberto Luiz de Castro, que foi curado de um câncer terminal após passar por um tratamento inédito na América Latina, morreu após um acidente em Belo Horizonte.

Segundo informou a Polícia Civil de Minas Gerais, Vamberto deu entrada no dia 11 de dezembro no Instituto Médico Legal, foi examinado e teve o corpo liberado no mesmo dia. As circunstâncias da morte ainda são desconhecidas.

“Somente após o laudo do exame de necropsia será possível dizer se há indícios de violência”, informou a assessoria da Polícia Civil por telefone. O laudo está previsto para sair em 30 dias.

Curado com tratamento inédito

Vamberto foi a primeira pessoa na América Latina a receber um tratamento feito a partir das próprias células em uma terapia conhecida como CART-Cell. Ele já estava em fase terminal de um linfoma nos ossos e foi ao Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto em busca de um tratamento experimental. Ele já havia passado por diversas sessões de quimioterapia antes de buscar o tratamento.

A terapia conhecida como CART-CeII – que começou a ser estudada no exterior – foi inteiramente desenvolvida no Brasil no Centro de Terapia Celular (CTC-Fapesp-USP) do Hemocentro, ligado ao HC de Ribeirão Preto.

O tratamento foi feito com células T (do sistema imunológico) retiradas do próprio paciente e geneticamente modificadas. A função original dessas células é combater doenças. No entanto, muitos cânceres conseguem driblar esse mecanismo de defesa natural do organismo, tornando-se “invisíveis”.

Os especialistas alteraram geneticamente as células T, com a inclusão de uma proteína específica que as torna mais sensíveis a determinados tipos de linfoma. As células alteradas e cultivadas em laboratório foram inseridas de volta no paciente por meio de uma infusão. Com a alteração genética nas células de defesa, elas passam a reconhecer mais facilmente as células cancerosas e conseguem destruí-las.

Em menos de 20 dias, Vamberto já apresentou a remissão da doença. Ele recebeu alta em outubro após ser considerado curado da doença. (Fonte Uol/Com Agência Estado).

Receba Notícias no seu WhatasApp?
Clique no link:  https://chat.whatsapp.com/IqM6dk1CKP9BPRhRZlDv3E 

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios