Polícia

Homem confessa ter matado esposa grávida durante relação sexual

O jovem de 21 anos que foi preso suspeito de matar a mulher grávida, em Várzea Paulista (SP), afirmou em depoimento que usou uma lâmina para tirar a vida da vítima durante uma relação sexual. O relato com a confissão foi realizado em um interrogatório, o qual foi revelado na última semana.

O rapaz também fez publicações nas redes sociais se passando pela esposa, na noite do dia 22 de dezembro. Francine Rigo dos Santos, uma maquiadora de 22 anos, foi assassinada em casa. Como a família não conseguiu contato com ela no dia 23, os parentes arrombaram a porta e a encontraram sem vida.

A casa estava suja de sangue e o marido, Marcelo Augusto de Sousa Araújo, foi achado com ferimentos nos pulsos e no pescoço após tentar se matar. Ele foi levado à unidade de Pronto Atendimento de Várzea Paulista e, na sequência, encaminhado para a delegacia.

Segundo apurado, ele contou que no dia 22 de dezembro os dois discutiram sobre a ceia de Natal e sobre a gravidez da jovem.

Na madrugada do dia 23 de dezembro, um texto foi publicado no Facebook da vítima. Segundo a polícia, ela foi morta por volta das 10h, no dia 22, e não teria feito a postagem.

À polícia, o marido apresentou várias versões sobre o crime, mas confessou que assassinou a mulher durante a relação sexual, depois que eles discutiram porque a vítima contou que estava grávida. A polícia ainda aguarda os últimos laudos para finalizar o caso. (Fonte G1).

Receba Notícias no seu WhatasApp?
Clique no link:  https://chat.whatsapp.com/IqM6dk1CKP9BPRhRZlDv3E 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios