Destaque

PC de Chapecó localiza e prende homem condenado por estupro

Policiais civis da DPCAMI de Chapecó cumpriram, na tarde desta quarta (26), mais um mandado de prisão de um indivíduo de 34 anos.

Havia contra ele ordem judicial de prisão por sentença condenatória definitiva, relativo a abusos sexuais perpetrados contra uma menor de idade, que, à época dos fatos, era sua cunhada.

O mandado de prisão foi expedido há cerca de três anos, mas somente agora a equipe da DPCAMI, ao tomar conhecimento do caso, mantendo frequente monitoramento e rastreamento de seus passos, através de diversos sistemas disponíveis, logrou êxito na sua localização e captura. Na ocasião, o indivíduo, acuado, chegou a empreender fuga, quando desconfiou do cerco policial, embrenhando-se em uma área de vegetação fechada. Porém, após intensas buscas, foi localizado e preso pela equipe de policiais civis.

Após os procedimentos legais, ele foi encaminhado à penitenciária de Chapecó, onde ficará à disposição do Poder Judiciário. (Fonte Polícia Civil de Chapecó).

Receba Notícias no seu WhatasApp?
Clique no link:  https://chat.whatsapp.com/IqM6dk1CKP9BPRhRZlDv3E 

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios