Polícia

Mãe e três filhas são encontradas mortas em casa

Quatro pessoas, uma mãe e três filhas foram encontradas mortas dentro de uma casa, no Bairro Florais da Mata, em Sorriso, na segunda (27), e chocou o país devida a tamanha crueldade. As vítimas foram identificadas como Cleci Calvi Cardoso, de 46 anos, Miliane Calvi Cardoso, de 19 anos, Manuela Calvi Cardoso, 13 anos, e Melissa Calvi Cardoso, de 10 anos. As vítimas foram encontradas com perfurações de arma branca em todo o corpo.

?Quer ficar BEM INFORMADO?⏬
Clique abaixo e receba NOTÍCIAS EM SEU WHATSAPP
??Acesse nosso grupo de NEGÓCIOS/CLASSIFICADOS?

Um áudio do marido e pai das vítimas também ganhou repercussão. Ele conta para um amigo que estava preocupado com a família, já que não tinha conseguido contato com a esposa desde sexta (24) à noite (a gravação foi feita no domingo, 26).

“Rapaz, eu tô desde sexta-feira à noite sem contato com a minha família, lá com a minha mulher, minhas filhas, cara, tudo desligado. Tô ficando preocupado aqui. Mando mensagem não me responde , ligo no WhatsApp e não atende, ligo no telefone normal e vai direto para caixa de mensagem. Elas sempre respondem”, diz.

 

O suspeito do crime bárbaro era um funcionário, de 32 anos, que atuava em uma obra ao lado da casa das vítimas. Ele foi preso na segunda (27), após os corpos terem sido encontrados e ele confessar o crime. A Polícia Militar foi acionada pelos vizinhos após notarem a ausência da família no final de semana.

Segundo a polícia, três delas estavam nuas e a suspeita é que tenham sofrido abuso sexual. Já a filha mais nova tinha sinais de asfixia.

O sargento Thalmir Ferreira, porta-voz do Corpo de Bombeiros, contou que a mãe e a filha mais velha foram encontradas mortas no corredor do imóvel. As outras filhas, de 13 e 10 anos, em um dos quartos. Fonte portal g1

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios