Polícia

Polícia prende idoso suspeito de estuprar enteada de 8 anos

Mais um suspeito de estuprar crianças está atrás das grades. A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Proteção a Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (Depcami) de Joinville, prendeu um idoso suspeito de estuprar a enteada.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp

O mandado de prisão e de busca e apreensão domiciliar em razão do crime de estupro de vulnerável e ameaça foi cumprido nesta quinta (14).

Segundo a polícia, o autor dos fatos tem 67 anos e morava no bairro Floresta, zona Sul da cidade, onde foram cumpridos os mandados.

A vítima era enteada do investigado e tem apenas oito anos. Segundo a polícia, a menina ficava a sós com o idoso enquanto a mãe trabalhava. Nestes momentos, ocorriam os abusos. Os crimes foram cometidos entre os anos de 2020 e 2021.

Após a mãe ter descoberto o crime e deixado a casa do homem, este passou a ameaçá-lá. O autor dos fatos foi interrogado na delegacia de polícia e seguiu para o presídio em Joinville. Do Portal Tchê/Com informações do ND+

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios