Blogs e ColunasPolítica

COLUNA PELO ESTADO – MDB é o primeiro partido a apoiar a reeleição de Topázio

Com a presença do Deputado Estadual Júlio Garcia (PSD), do Presidente da Câmara de Florianópolis, João Cobalchini, e do Deputado Federal Carlos Chiodini, Presidente Estadual do MDB, o partido saiu na frente e anunciou apoio ao Prefeito Topázio Neto (PSD) para as eleições de outubro, na Capital. Além de Júlio e Chiodini, o Deputado Federal Valdir Cobalchini, Fulvio Rosar Neto, Presidente do MDB municipal, Wilson Rabelo, Presidente do MDB de Itajaí, Rafael Hanne, Secretário de Infraestrutura de Florianópolis, e Cel Márcio Alves estiveram presentes durante o anúncio. Como articulador desta aliança, João Cobalchini, que em breve deixará o União Brasil para se filiar ao partido, está confiante com a parceria, já busca levantar o partido no Estado, já que nas eleições de 2020, quando apoio Angela Amin (PP), a sigla não conseguiu eleger nenhum vereador.

Outra estratégia do partido para as eleições de 2024 foi mudar o domicílio eleitoral do deputado federal Carlos Chiodini (MDB), para a cidade com maior economia do Estado, Itajaí, onde concorrerá à prefeitura. O Manda Brasa está com uma meta de conquistar 100 prefeituras no próximo pleito. Em Lages, por exemplo, o MDB também terá candidatura própria.

E após o anúncio público do apoio do partido de Valdir Chiodini à reeleição do prefeito de Florianópolis, o Republicanos, partido do ex-governador Carlos Moisés da Silva, também bateu o martelo e irá apoiar Topázio. Com esta “escolta de elite”, Topázio já entra na disputa com alguma vantagem.

Incentivo ambiental

A Secretaria de Meio Ambiente do Estado e da Economia Verde busca maneiras de regularizar as unidades de conservação do Estado e obter recursos para iniciar o pagamento por serviços ambientais. Uma das ideias analisadas pela equipe do secretário Ricardo Guidi, titular da pasta, é a comercialização de créditos de carbono das unidades estaduais e utilizar os recursos especificamente para esses fins. Estimativas mostram que as 10 unidades de conservação estaduais podem gerar, em conjunto, R$ 27 milhões ao ano. A iniciativa está em aplicação em Reservas Particulares de Patrimônio Natural (RPPN), que são unidades de conservação administradas por particulares.

Recentemente, Ricardo Guidi esteve junto com a bancada catarinense conferindo de perto os trabalhos no Complexo Termelétrico Jorge Lacerda, em Capivari de Baixo.

Facisc

O presidente da Facisc, Elson Otto, e parte dos integrantes da atual diretoria receberam o senador Esperidião Amin para discutir diversos assuntos referentes ao meio empresarial e ao desenvolvimento econômico do Brasil e de Santa Catarina. Marco temporal, reforma tributária, desoneração da folha de pagamento, terras de marinha, entre outros, foram temas tratados pelos empresários e pelo senador durante o encontro. Segundo o senador, ainda há espaço para discussão da Reforma Tributária.

Ferrovias

O trabalho de elaboração dos dois projetos de ferrovias para Santa Catarina entra na fase de coleta de dados em campo, quando as equipes das empresas contratadas pelo Governo precisam acessar propriedades particulares nos mais diversos pontos do interior do estado por onde os futuros trechos deverão passar. Atualmente Santa Catarina tem dois projetos em desenvolvimento. Um deles, de 319 quilômetros entre as cidades de Chapecó e Correia Pinto, e outro, de 62 quilômetros, entre Navegantes e Araquari. O investimento do Estado é de cerca de R$ 32 milhões. A previsão de conclusão é novembro de 2024.

União Europeia

Segundo maior parceiro comercial do Brasil, a União Europeia (UE) quer estreitar ainda mais os laços e fomentar negócios no país. Dentro desse contexto, a embaixadora da UE Marian Schuegraf fez uma visita à Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), onde foi recebida pelo presidente Mario Cezar de Aguiar. Quem também recebeu a visita da embaixadora foi a vice-governadora de Santa Catarina, Marilisa Boehm. Entre os temas abordados na conversa das duas, cooperação internacional, intercâmbios educacionais, economia sustentável e empreendedorismo feminino permearam o diálogo, que contou ainda com a participação dos secretários Juliano Froehner (Articulação Internacional), Marcelo Fett (Ciência, Tecnologia e Inovação) e o presidente da Fapesc, Fábio Wagner Pinto.

Fabrício Oliveira é o novo presidente da Fecam

Diorgenes Pandini/Fecam

A Federação dos Consórcios, Associações e Municípios de Santa Catarina (FECAM) empossou na manhã desta quarta-feira, 31, a nova diretoria para o exercício 2024. O prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira, foi eleito presidente da instituição, tendo como 1° vice-presidente o prefeito de Gaspar, Kleber Wan-Dall. A nova diretoria, composta por meio de uma chapa de consenso, representa uma continuidade no mandato da ex-presidente Milena Lopes, prefeita de Vargem.

Durante o discurso de posse, Fabrício ressaltou que a nova diretoria assume um compromisso de unificar os municípios do Estado e Governo do Estado para trabalharem juntos, entendendo que a FECAM precisa ser um braço de apoio para as soluções que os municípios precisam.

Fardamento novo

O governador Jorginho Mello, anunciou o decreto que institui a indenização de fardamentos aos policiais militares e bombeiros militares no estado. Esta medida prevê que no mês do aniversário do militar estadual, o profissional receberá no contracheque uma indenização no valor de R$ 1.700,00 para aquisição de fardamento. Com isso, os bombeiros e policiais militares terão autonomia para comprar as peças de fardamento de que realmente precisam, resultando em melhorias na identidade visual das corporações e nas condições de trabalho.

 

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios