Blogs e ColunasPolítica

RETICÊNCIAS: O Brasil vai ser os EUA!

Dentro de todo o brasileiro habita um desejo de viver em um EUA. Talvez não necessariamente residir na terra do Tio San, mas morar em um país que represente a liberdade e a oportunidade, com leis severas (que são cumpridas) e índices de desenvolvimento econômico muito acima da média do Brasil. Não fosse dessa maneira, nossos principais baluartes políticos da esquerda não escolheriam Miami para fazer seus enxovais, nem Nova York para refugiar-se da pseudo perseguição de bolsonaristas, assim como os intelectuais socialistas não residiriam em mansões americanas. Em breve o Brasil viverá dias iguais aos EUA, porém, infelizmente, não será na pujança que conhecemos e admiramos, mas na manipulação eleitoral promovida pelos globalistas do mundo, apoiados pela China e alicerçados pela militância de esquerda.

O que está acontecendo nas eleições americanas, revolta. Com a pandemia, muitos Estados ampliaram a votação por correios, motivo que gerou suspeita de corrupção no escrutínio. Cédulas encontradas no lixo, registros duplicados de eleitores, votos em quantidade maior que o número de votantes, milhares de pessoas mortas cadastradas para a votação, canetas que não permitem a contagem de votos pelas máquinas eleitorais de apuração, além de milhares de cédulas aparecendo de última hora com votos unânimes para Joe Biden, demonstram que a principal democracia do planeta também está à mercê de interesses obscuros. Soma-se a isso a paralização da apuração, na noite da eleição, em Estados que, misteriosamente, amanheceram com um número de votos inexplicáveis para os Democratas, tirando a vitória dos Republicanos na região. O atual presidente, Donald Trump, que já havia denunciado a possibilidade de fraudes, solicitou a Suprema Corte a recontagem de votos em alguns colégios eleitorais, o que deve mudar o resultado do pleito. Até lá Biden tem possibilidade de ser declarado vencedor, mas, após a verificação minuciosa dos votos, a correção deverá ser feita e Trump deverá seguir no comando dos EUA.

Quanto ao Brasil, a preocupação deve ser ainda maior, pois nossa urna não permite a recontagem de votos. Além disso, os globalistas vem atingindo a base bolsonarista com ataques e prisões inconstitucionais a jornalistas pró-governo, com censura nas redes sociais, além da manipulação de pesquisas, tudo visando diminuir a margem de escândalo que uma derrota de Jair Messias provocaria na Nação.

A turma da “Agenda 2030” não vai medir esforços para atingir conservadores como Trump e Bolsonaro…

Eder Boaro é instrutor Master Mind e colunista político

 


 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios