Polícia

Polícia Civil prende traficantes em flagrante, em Pinhalzinho

A Polícia Civil, por meio do Setor de Investigação e Capturas da Delegacia de Pinhalzinho, prendeu em flagrante tarde desta sexta (31), duas pessoas, um homem e uma mulher, em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e corrupção de menores.

Segundo as investigações, um deles, um homem de 57 anos, estava comercializando droga, principalmente cocaína, em seu estabelecimento comercial, localizado no Centro de Pinhalzinho.

Além disso, eventualmente ele vendia entorpecente em sua residência, localizada no Bairro Maria Terezinha.

Os indícios ainda demonstravam que ele era auxiliado por um menor e pela mãe do adolescente, que eram seus vizinhos, na venda em sua casa (quando o mesmo estava no trabalho).

Os investigadores localizaram cocaína na empresa dele, enquanto na casa do traficante foi encontrado maconha. Ainda, na casa da mulher e do rapaz foi encontrada mais uma quantidade considerável de cocaína, tendo eles admitido que guardavam a droga em sua casa.

Ao todo, foram apreendidos cerca de 32g de cocaína e 12g de maconha, além de quase R$ 2 mil em dinheiro, 5 telefones celulares e o veículo usado por ele.

Os presos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e corrupção de menores e encaminhados à Unidade Prisional Avançada de Maravilha, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário. O adolescente foi entregue ao Conselho Tutelar.

A investigação foi realizada por policiais civis de Pinhalzinho, Saudades e Bom Jesus do Oeste, que tiveram apoio na ação de hoje do canil da PC de São Lourenço do Oeste.

“Colabore com a Polícia Civil. Denuncie! Disque 181.”

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios