Polícia

VÍDEO: Mulher reage a assalto, derruba ladrão com guarda-chuva e recupera celular

Uma mulher reagiu a um assalto, conseguiu derrubar o ladrão com o guarda-chuva e recuperou o celular em São Vicente, no litoral de São Paulo. O G1 teve acesso, neste sábado (4), às imagens de câmeras de monitoramento (veja imagens acima) obtidas por comércios da região. O vídeo repercutiu nas redes sociais após compartilhamentos de proprietários dos estabelecimentos.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

Uma funcionária, que testemunhou toda a ação e preferiu não se identificar, conta que a tentativa de assalto aconteceu na Rua Ipiranga, localizado no Centro da cidade. Segundo relata, as duas mulheres caminhavam pela calçada quando o homem de bicicleta passou roubando o celular. Uma das vítimas decidiu dar golpes de guarda-chuva no suspeito para tentar recuperar o aparelho.

https://www.youtube.com/watch?v=9mlrLz4TF3g

De acordo com a funcionária, a mulher arremessou o guarda chuva, atingindo a bicicleta do assaltante, momento que ele caiu no meio da rua e derrubou o celular da vítima. “Pegou na bicicleta e derrubou ele na hora. [A mulher] deu tanto nele, que até quebrou o guarda-chuva”, relembra.

Depois de cair, as vítimas rapidamente recuperaram o celular e continuaram a bater no assaltante que tentava escapar do local. Em poucos minutos, outras testemunhas se mobilizaram para tentar ajudar as duas mulheres. Em determinado ponto, uma das mulheres parou o carro que passava para pegar o celular e voltar a dar golpes no assaltante.

“Foi em frente à loja, foi tudo rápido. Conseguimos o vídeo e mandamos para algumas pessoas só por WhatsApp, mas então tomou muita proporção”, conta a funcionária, que reitera que não imaginava o alcance das gravações. Apesar de ter acompanhado toda ação, ela relata que não sabe se o caso chegou a ser registrado na delegacia, já que as duas conseguiram recuperar o aparelho.

A reportagem questionou a Polícia Militar e a Secretaria de Segurança Pública, se havia algum registro da ocorrência, mas até a última atualização desta reportagem, não obteve retorno. (Fonte G1).

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios