DestaquePolítica

Vereadores que formam Comissão Especial de Gestão de Águas tem primeira reunião

A Comissão Especial de Gestão de Águas proposta pelo vereador Marcio Sander, se reuniu pela primeira vez nesta quarta (3), na Câmara de Vereadores de Chapecó. Formada pelos vereadores Marcio Sander, Itamar Agnoletto, Valmor Scolari, Aderbal Pedroso da Silva, Neuri Mantelli e João Siqueira, a referida comissão terá o papel de fiscalizar o contrato firmado entre a Casan a Prefeitura de Chapecó, atuar junto a Casan nas questões relativas a investimentos e situações de captação, tratamento e distribuição de água no município. “Todos os anos, e especialmente em períodos de estiagem, Chapecó vive momentos críticos com a falta de água. Essa questão passou a ser rotina, e não podemos mais continuar com soluções paliativas, precisamos a resolução definitiva desse problema. Os investimentos da Casan para aumentar a capacidade de captação, tratamento e distribuição de água não está sendo feito na mesma proporção do crescimento de Chapecó, precisamos avançar e é imediatamente”, ressalta o vereador Marcio Sander, propositor da Comissão Especial.

A comissão também atuará junto a ARIS – Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento, que tem como papel a regulação e fiscalização dos serviços públicos de saneamento básico, compreendido como os serviços de abastecimento de água, esgotamento sanitário, limpeza urbana, manejo de resíduos sólidos e drenagem e manejo das águas pluviais urbanas.

Os primeiros encaminhamentos definidos na reunião é solicitação de informações junto a Prefeitura de Chapecó, ARIS e ao Centro Empresarial de Chapecó – CEC, entidade que também se reuniu com a Casan para debater sobre a falta de água no município.

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios