DestaquePolítica

Vereador Krombauer apela por liberação de recursos para duplicação da BR-282

Uma das proposições de autoria do vereador Nelson Krombauer (Progressistas), aprovada pelos seus pares na Câmara de Vereadores de Chapecó, trata-se de uma Moção de Apelo ao presidente da República Jair Bolsonaro, ao governador Carlos Moisés da Silva e ao ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas, a fim de empreender esforços na liberação de recursos para a duplicação da BR-282. “Considerando que esta é uma rodovia que integra Santa Catarina, desde Florianópolis até ao município de Paraíso na fronteira com a Argentina, essa duplicação é a que mais poderá trazer benefícios para a região”, enfatiza Krombauer.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

O vereador ressalta ainda que os municípios que mais crescem estão as margens da rodovia e que mensalmente são transportados, pela BR-282, cerca de 600 mil suínos e 60 milhões de aves. Em produtos industrializados são cerca de 100 mil toneladas. Somando grãos e insumos, esse número chega a 500 mil toneladas. “Boa parte disso são frangos e suínos, que estão entre os principais produtos de exportação de SC”, lembrou.

“A BR-282 é essencial para o escoamento da vasta produção agroindustrial do Oeste aos portos e aos grandes centros brasileiros de consumo. Por ela transitam milhões de dólares em produtos exportáveis que asseguram as divisas das quais o país precisa para sustentar seu desenvolvimento. Na verdade, é o único caminho para escoar as riquezas exportáveis do grande oeste e que com a duplicação também reduziria o número de mortes que acontecem diariamente”, concluiu.

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios