DestaqueEconomia

Vendas do comércio ficam positivas pelo terceiro mês, diz IBGE

O volume de vendas no comércio varejista foi positivo pelo terceiro mês consecutivo em agosto, segundo a PMC (Pesquisa Mensal do Comércio), divulgada nesta quinta-feira (10) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

O indicador registrou taxa de 0,1% frente a julho deste ano.

As vendas em supermercados foram as maiores responsáveis pelo resultado do mês. Outra alta importante foi a de outros artigos de uso pessoal e doméstico. Segundo o IBGE, juntos, os dois setores correspondem a mais de 60% do total do varejo.

Outros setores que cresceram as vendas foram equipamentos e material para escritório, informática e comunicação e livros, jornais, revistas e papelaria.

Em contrapartida, o volume de vendas diminuiu nos setores de combustíveis e lubrificantes, tecidos, vestuário e calçados, móveis e eletrodomésticos e artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos.

De janeiro a agosto deste ano, o indicador acumula alta de 1,2%. Nos últimos 12 meses a taxa acumula alta de 1,4%.

O volume de vendas cresceu 1,3% em comparação com agosto do ano passado. O resultado foi impulsionado pelo crescimento nos setores de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo, seguido por outros artigos de uso pessoal e doméstico e artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos.

Já as principais atividades que pressionaram negativamente o varejo foram: combustíveis e lubrificantes e tecidos, vestuário e calçados, seguidos por: móveis e eletrodomésticos, livros, jornais, revistas e papelaria e equipamentos e material para escritório, informática e comunicação. (Fonte R7.com). 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios