DestaqueSaúde

Vacinação em SC: 129 mil doses contra a Covid-19 foram aplicadas no estado

O número total de doses aplicadas em Santa Catarina da vacina contra a Covid-19 é de 129.778O número está foi divulgado pelo balanço parcial de vacinação divulgado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive), da Secretaria de Estado da Saúde (SES), nesta sexta (12). Sendo que 118.646 foram primeira dose (D1) e 11.132 segunda dose (D2).

Com relação a D1, o total de doses aplicadas corresponde a uma cobertura vacinal de 57,28%. Nos grupos prioritários, a cobertura D1 é de 60,17% nos trabalhadores da saúde; 111,62% nos idosos institucionalizados; 59,66% na população indígena; e 26,69% nos idosos com 90 anos e mais.

>>> Confira aqui o balanço preliminar da vacinação contra a Covid-19 em SC por município

Confira os dados por grupos prioritários:

Público-alvo     D1 Cobertura
D1
  D2 Cobertura
D2
Trabalhadores da saúde 100.127 60,17% 9.346 5,62%
Pessoas idosas ILPI’s 6.986 111,62% 1.451 23,18%
Pessoas com deficiência
ILPI’s
331 5
População indígena 4.028 59,66% 330 4,89%
Idosos com 90 anos
e mais
7.174 26,69% 0 0
Total 118.646 57,28% 11.132 5,40%

Fonte: DIVE/SC | Informações coletadas com os municípios catarinenses

Cálculo da cobertura vacinal

O cálculo da cobertura vacinal é realizado com base em uma estimativa populacional informada pelos 295 municípios catarinenses à equipe de vigilância do estado. No caso das pessoas com deficiência institucionalizadas, o cálculo não foi realizado, pois os municípios não souberam informar o número exato desta população.

Número de doses enviadas para os municípios 

Para consulta pública de informações relacionadas à pandemia, o Ministério da Saúde (MS) disponibiliza o painel Localiza SUS, que pode ser acessado neste endereço. O Localiza SUS é uma plataforma de informação, sendo que esses dados são obtidos pelo Sistema de Insumos Estratégicos em Saúde, que é o sistema oficial de movimentação de vários insumos do Governo Federal.

Na plataforma, é possível consultar, entre outras informações, o número de doses enviadas para todos os municípios catarinenses, pela aba “Distribuição de Vacinas Brasil Imunizado”. O painel está em constante atualização e contém as seguintes informações: comprovantes de recebimento pelos estados; doses enviadas das Secretarias Estaduais de Saúde aos Municípios.

Com relação a possíveis inconsistências de dados entre as informações divulgadas pela Dive e as disponíveis no painel, a Diretoria esclarece que os dados da plataforma são atualizados diariamente e que as doses ainda não disponíveis no painel são doses em trânsito, ou seja, que ainda estão sendo encaminhadas para os municípios ou que já foram entregues, mas que ainda não houve baixa, por parte do município, no sistema.

Além disso, a Diretoria percebeu a ausência do município de Canelinha na plataforma, inconsistência que já foi informada ao Ministério da Saúde para correção.

Andamento da vacinação em Santa Catarina

Com relação ao andamento da vacinação no estado de Santa Catarina, a Secretaria de Estado da Saúde esclarece que, assim que as doses são distribuídas aos municípios catarinenses, a recomendação é de início imediato da vacinação, seguindo as indicações de grupos prioritários definidas entre estado e municípios.

Cabe a cada um dos 295 municípios catarinenses definirem e desenvolverem estratégias de vacinação, com o objetivo de fazer com que todas as doses enviadas pelo estado sejam aplicadas no menor tempo possível, tendo em vista que o sucesso da vacinação em Santa Catarina depende do esforço coletivo.

Correção

Diferentemente do que foi publicado no Balanço Preliminar da Vacinação contra a Covid-19 em Santa Catarina do dia 9 de fevereiro, o município de Urussanga não tem doses aplicadas em pessoas com deficiência institucionalizadas. Isso porque o município não tem população deste grupo prioritário. As doses aplicadas correspondem ao município de Criciúma e já foram corrigidas no Balanço desta sexta, 12.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios