Últimos dias para solicitar a Carteira Municipal do Artesão em Chapecó

FOTOS Divulgação/Prefeitura de Chapecó

Mandalas, caixas decoradas, pintura em óleo em telas, artefatos em tricô, crochê, artesanato em madeira, placas decorativas, arranjos de flores, luminárias. Essas e muitas outras peças são produzidas pelos artesãos chapecoenses. E para que eles possam exercer sua profissão com mais segurança, eles tem uma Carteira Municipal de Artesão 2019 que precisa ser atualizada ou solicitada junto à Secretaria de Assistência Social de Chapecó. O documento é um reconhecimento e valorização à profissão de artesão, além da formalização dos profissionais para garantir os benefícios profissionais, oportuniza a participação em eventos e feiras organizadas pelo município.

Para realizar o cadastro é necessário procurar a Gerência de Renda e Cidadania na Secretaria de Assistência Social ou ligar nos telefones (49) 3319-1213 ou 3319-1216, das 13 às 19 horas para agendar data e horário de cadastro. As inscrições podem ser realizadas até a sexta-feira (19/07). Os interessados precisam levar os documentos de identidade e CPF, comprovante de endereço, número do CNPJ ou MEI – não obrigatório, os produtos artesanais produzidos para que possam serem fotografados. Além dos produtos, também é necessário fotografias impressas ou digital para o banco de imagens, contato de e-mail e os certificados de cursos realizados na área do artesanato (caso tiver). Quem pode se inscrever são homens e mulheres acima de 18 anos que produzem algum tipo de artesanato e residam no Município de Chapecó pelo tempo mínimo de seis meses; ou ainda aqueles artesãos de associação /Grupo /Cooperativa e que comprove a sua formalização e atividade legal pelo mínimo de 1 (um) ano.

Saiba mais

Atualmente estão cadastrados junto a Secretaria de Assistência Social 332 artesãos: 186 artesãos individuais (sendo 65 novos e 121 recadastrados); 06 associações; 04 Grupos de Mulheres (119 artesãos vinculados nas Associações e Grupos de Mulheres); 27 artesãos indígenas (22 da Aldeia Condá e 05 da Aldeia Toldo Chimbangue). Eles são acompanhados pela Administração Municipal através do Projeto Artesanato na Palma da Mão que iniciou em 2013 para atender artesãos individuais, artesãos vinculados à associação e artesãos indígenas. O objetivo é organizar e capacitar grupos de artesãos no município, para confecção de produtos destinados ao mercado consumidor como fonte de renda e para melhoria de vida dos participantes envolvidos, com foco no artesanato que resgata a identidade local. Criado em 2013, o objetivo do programa é organizar e capacitar grupos de artesãos no município de Chapecó, para o desenvolvimento de produtos destinados ao mercado consumidor, como fonte de renda e visando a melhoria de vida dos participantes envolvidos, com foco no artesanato que resgata a identidade local.

Os profissionais têm espaços para comercialização de seus produtos. No Centro Público de Economia Solidária, Aeroporto Municipal, Centro de Informações Turísticas, Terminal Rodoviário e no Calçadão (Rua Benjamin Constant, entre Avenida Getúlio Vargas e Nereu Ramos). Além desses locais, são organizadas feiras de artesanato, oficinas de qualificação, bem como participação em eventos promovidos no município.