Geral

Senac SC lança campanha de cashback para apoiar os negócios locais

O isolamento social e restrições para o funcionamento do comércio por conta do novo coronavírus revelaram a importância de valorizar os estabelecimentos locais, fortemente atingidos pela pandemia. Os negócios locais geram empregos e estimulam não só o crescimento da região, mas da economia como um todo.

Pensando nisso, o Senac SC desenvolveu uma campanha de vantagens para que os consumidores façam compras e incentivem o comércio local. O “Cashback Senac” dá descontos em cursos presenciais e na modalidade EAD (exceto WebTv e Informática) para quem comprar em lojas físicas do comércio local nas cidades catarinenses.

O objetivo é estimular o consumo, fortalecer os negócios e contribuir com o desenvolvimento do Estado em meio à crise provocada pela Covid-19. Com a ação, parte do valor que é consumido no comércio volta para o cliente na forma de descontos em cursos de todos os níveis de ensino – da capacitação à pós-graduação e MBA. Para participar, basta apresentar a nota fiscal local em uma das unidades do Senac em Santa Catarina.

O desconto será de até 10% do total da nota fiscal de compra, com a opção de utilizar vários cupons ao mesmo tempo, mas dentro do valor máximo de R$ 300 por CPF no mês. Estes recursos podem ser usados para o pagamento de mensalidades ou para inscrição em novos cursos.

“O Senac SC tem uma forte relação com o comércio e, neste momento de incertezas, os empresários, em especial o pequeno empreendedor, precisam de ações como esta para ajudar a fomentar as vendas e manter o negócio. Mais do que nunca, estamos trabalhando para estimular o desenvolvimento do comércio local e fornecer capacitação profissional para a comunidade”, afirma Rudney Raulino, diretor regional do Senac SC.

Confira aqui o regulamento da campanha.

Receba Notícias no seu WhatasApp?
Clique no link: https://chat.whatsapp.com/J4WlEehakUP9cOsnsHJ4Ng 🤳

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios