Semana da Saúde busca prevenção de LER/DORT nos trabalhadores do Poder Judiciário

Foto: Núcleo Comunicação/Comarca de Chapecó

Quando o relógio aponta 15h30, exatamente a metade do expediente forense, a equipe do cartório da 3ª Vara Cível do fórum da comarca de Chapecó para o trabalho e faz uma sequência de alongamentos. É a chamada Ginástica Laboral. São apenas 10 minutos que eles dedicam ao bem-estar dos nervos e músculos e reconhecem: se sentem muito melhor depois que aderiram à prática, há quase dois anos.

São atitudes simples como esta que podem evitar as temidas Lesões por Esforço Repetitivo ou Distúrbios Osteomoleculares Relacionados ao Trabalho (LER/DORT). O assunto é tema da Semana da Saúde, do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, entre os dias 8 e 12 de abril, em virtude do Dia da Saúde, celebrado no dia 7 de abril. O workshop “Ergonomize-se” está sendo ministrado em todas as comarcas do estado por profissionais do plano SC Saúde. No Oeste, a atividade acontece em Chapecó, Xanxerê, São Miguel do Oeste e Concórdia. A ideia é conscientizar os trabalhadores do Poder Judiciário da importância de prevenir as LER/DORT.

Mudança de hábitos

Em Chapecó, a enfermeira Bianca Rolim Fernandes relatou casos de servidores que não conseguem segurar o filho no colo ou guardar um copo no armário em virtude das fortes dores que sentem. “As LER/DORT são doenças crônicas que não têm cura. Depois que a lesão aconteceu, os tratamentos apenas amenizam os sintomas”, enfatiza.

A profissional destacou a necessidade de mudar alguns hábitos no dia a dia para preservar e prolongar a saúde dos nervos, tendões, músculos e ossos.

– Quando seguramos o telefone entre a cabeça e o pescoço, a circulação de sangue é interrompida para a cabeça. Por isso, quando soltamos o aparelho, o sangue volta muito rápido, o que causa dores.

–  A tela do computador precisa estar na linha dos olhos para evitar dores na cervical por ficar olhando para baixo ou para cima.

– O computador deve estar a, pelo menos, 70 centímetros da pessoa.

– Os braços e mãos precisam ficar retos, em ângulo de 90º, apoiados na cadeira e na mesa. E os cotovelos devem ficar junto ao corpo durante a digitação.

– Utilizar apoio almofadado no teclado e mouse garante a circulação de sangue nas mãos e evita futuras cirurgias.

– Mova-se a cada 20 minutos. Depois de muito tempo na frente do computador, a lubrificação dos olhos diminui porque piscamos menos. Ao invés de telefonar para o colega, vá até a sala dele. Use as escadas. Prefira o restaurante a duas quadras do que aquele ao lado do prédio. (Texto Núcleo de Comunicação Institucional/Comarca de Chapecó – Arte: SC Saúde)