DestaqueEducação

Secretaria da Educação do Estado esclarece declarações de deputado

A Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado da Educação emite nota esclarecendo declarações feitas pelo deputado Bruno Souza, que foram divulgadas pela imprensa, última quarta-feira (Veja nota na íntegra abaixo).

A respeito de uma denúncia do parlamentar ao Ministério Público, a Secretaria de Estado da Educação informa que os veículos modelo Fiat Toro adquiridos pela pasta para o atendimento pedagógico, de gestão e suporte, das Coordenadorias Regionais de Educação às 1071 escolas estaduais de Santa Catarina, são 62, não 85, como erroneamente reproduz o deputado. O valor unitário de compra do modelo é de R$ 120 mil. Os dois veículos modelo Jeep Renegade, que substituíram os carros locados dos gabinetes do secretário e do secretário-adjunto, foram adquiridos pelo valor unitário de R$ 135,9 mil. Logo, nenhum veículo custou R$ 150 mil, como afirma a, equivocadamente, mencionada denúncia. Gratos pelo espaço, colocamo-nos à inteira disposição para esclarecimentos. Segue nota oficial sobre as aquisições.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios