Secretaria de Estado de Administração realiza primeiro leilão eletrônico de bens móveis de Santa Catarina

Pela primeira vez em Santa Catarina, o leilão será realizado exclusivamente na modalidade eletrônica e online (Fotos: Divulgação/SEASC)

Está aberto o edital de leilão público eletrônico para venda de veículos, motocicletas, sucatas, mobiliários e bens de consumo inservíveis para o Estado. Pela primeira vez em Santa Catarina, o leilão será realizado exclusivamente na modalidade eletrônica e online. A abertura oficial para cadastro e pré-lance será no dia 24 de junho, às 9h, e o fechamento dos lotes ocorrerá em 03 de julho às 9h. Os lotes serão arrematados pelos maiores lances oferecidos. Como o leilão acontece via internet há a possibilidade da participação de interessados de todo o País e do exterior.

Podem participar do leilão de mobiliário e veículos cidadãos e empresas, desde que não trabalhem na Secretaria de Estado da Administração- SEA ou atuem em empresas que prestem serviços para a secretaria. Já para os lotes de sucata, são liberadas a participar apenas empresas com cadastro junto aos órgãos competentes, conforme edital.

De cordo com o Gerente de Bens Móveis da Diretoria de Gestão Patrimonial, Mário Menezes,  os lances mínimos para bens móveis de consumo inservíveis (mobiliários) começam em R$ 490,00. Já para veículos, motocicletas e sucatas, os lances partem de R$ 300,00. Segundo Mário, a avaliação mínima do leilão está calculada em pouco mais de R$1,3 milhão de reais. “Mas este número pode ser bem superior, pois foram calculados com base nos lances mínimos de cada bem a ser leiloado”, completa.

Para participar do leilão, é necessário conhecer o edital, fazer o cadastramento no site do leiloeiro (www.dbsleiloes.com.br), dar o pré-lance no bem de interesse, conforme foto e descrição no site. A orientação é de que os interessados devem  fazer também a vistoria presencial do bem para averiguação do seu estado de conservação.

A visitação aos bens poderá ser feita nos dias 26, 27 e 28 de junho e 01 e 02 de julho das 14h às 17h, nos locais em que os bens se encontram, conforme endereços divulgados no edital. O pagamento do bem adquirido no leilão deve ser feito à vista, via depósito bancário identificado, em até 48h após o término do leilão. (Com Informações da SEASC)