DestaqueEducação

SC deve retomar aulas presenciais em outubro

O plano estadual de contingência para a retomada das aulas presenciais em Santa Catarina foi apresentado em mais uma reunião do comitê com 15 entidades que discute a educação no estado durante a pandemia do novo coronavírus. O documento será encaminhando aos municípios em setembro para ser usado como referência na elaboração também de regras municipais de retorno às salas de aula.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

A volta está prevista para a partir de 13 de outubro no estado em etapas, mas depende das condições sanitárias até lá. Enquanto isso, os alunos seguem fazendo atividades online ou impressas. Há alguns que não acessaram nenhum material e o Estado e municípios realizam busca ativa pelas famílias.

O Estado vai capacitar e treinar os gestores escolares para que elaborem planos específicos de cada unidade escolar, segundo o documento apresentado ao comitê de retomada na sexta (28).

“Precisamos ter segurança para os alunos, aos professores, a todos os profissionais que participam do processo de educação. Essa é uma das premissas”‘disse o secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni.

O plano traz cinco cadernos de diretrizes apresentados pelo comitê em julho, que incluem as medidas sanitárias, pedagógicas, gestão de pessoas, transporte escolar e alimentação escolar a serem adotadas.

Agora, mais três pontos foram acrescentados ao plano de contingência: diretrizes para comunicação e informação, capacitação e treinamentos e finanças. As regras, elaboradas com participação da Defesa Civil, serão referência para que cada rede de educação elabore seu protocolo próprio.

Retorno em etapas

 

As aulas foram suspensas em 19 de março e seguem assim pelo menos até 12 de outubro na rede estadual de educação, nas redes municipais e também em escolas privadas. Só na rede estadual, são mais de 500 mil estudantes afetados com a pandemia.

Segundo a Secretaria de Saúde, para a aula voltar, nem a situação de risco moderado por causa da Covid-19 pode estar em vigência. Atualmente, são cinco regiões em situação gravíssima e 11 em risco grave.

Quando acontecer, o retorno deve ser escalonado. Os estudantes do ensino médio voltam primeiro e depois os demais. Os alunos que tiveram dificuldades de acessar os materiais virtuais e impressos também terão prioridade na volta. Crianças da educação infantil devem ser as últimas a retornarem. (Fonte G1).

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios