Saúde precisa de recursos e boa gestão, diz deputado Saretta

FOTO: Susana Rigo/Assessoria do Deputado

Ao usar a tribuna, o deputado Neodi Saretta, falou da preocupação em relação às medidas tomadas pelo Governo do Estado sobre aplicação dos recursos na área da saúde, que neste ano é de 15%. Saretta, que é presidente da comissão de Saúde, lamentou a intenção do Governo em julgar inconstitucional a PEC que aumentou de 12% para 15% os recursos da saúde e, o recente pedido de liminar, no Supremo Tribunal Federal (STF) onde questiona a lei que determina ao Executivo o repasse de recursos previstos no orçamento até o dia 15 de cada mês. “No meu entendimento isso é um retrocesso, pois voltaríamos ao percentual de 12%. Em relação ao duodécimo, sem a garantia dos recursos em caixa, não há gestão de saúde”, disse o deputado.

Conforme o parlamentar vem relatando, há muitas pessoas na fila de espera por consulta, exame ou cirurgia, além dos hospitais que estão com pagamentos atrasados.

Saretta lembrou ainda que, nesta quarta-feira (13), na reunião da comissão de Saúde, o Secretário da pasta, Helton Zeferino irá apresentar a prestação de contas do último quadrimestre. “Além da prestação de contas será um bom momento para conversar com o Secretário sobre os planos que o Estado tem para a saúde em Santa Catarina”.

A reunião de prestação de contas será às 10h, no Plenarinho, da Assembleia Legislativa, em Florianópolis.