Geral

Santa Catarina supera Rio e é o 4º estado com mais casos de covid-19 na pandemia

Com o alto número de novos casos confirmados na última semana, Santa Catarina ultrapassou o Rio de Janeiro e se tornou o quarto Estado com mais pacientes diagnosticados com coronavírus no acumulado, desde o início da pandemia. Está atrás apenas de São Paulo (1.250.590 casos), Minas Gerais (419.655) e Bahia (406.189). Nesta terça-feira, 1º de dezembro, o governo de SC informou 372.545 casos confirmados de covid-19. Foram 8.201 novos diagnósticos registrados em relação ao boletim desta segunda-feira

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

O Estado tem agora 32.278 casos ativos da doença, ou seja, em tratamento e capazes de transmitir o vírus. É o maior volume em toda a pandemia. São 2.469 a mais em relação ao dia anterior. Santa Catarina também registra 47 novas mortes nas últimas 24 horas, chegando a 3.809 óbitos no acumulado desde março. 

Os 47 novos óbitos ocorreram entre sexta-feira (27 de novembro) e esta terça-feira (1º de dezembro). São 15 moradores do Vale do Itajaí, 13 do Norte, 11 da Grande Florianópolis, 5 do Sul, 2 do Oeste e 1 da Serra. Os pacientes tinham entre 33 e 93 anos.

Santa Catarina tem 701 pacientes internados em terapia intensiva (UTI) nas redes pública e privada. É o maior montante de toda a pandemia. São 527 casos confirmados para covid-19 e 174 suspeitos da doença. Veja no gráfico abaixo o total de pacientes internados em SC em ambas as redes de saúde, divididos entre pacientes diagnosticados com covid-19 (em lilás) e os suspeitos (em verde). 

Além disso, dos 701 internados, 314 estão utilizando o apoio de ventilação mecânica para respirar.

Ocupação no SUS

O índice geral de ocupação de leitos do SUS (que considera leitos adultos, pediátricos e neonatais) é de 84,8%, uma redução de 0,2 pontos percentuais em relação ao dia anterior. No entanto, entre os leitos adultos, que recebem a maioria absoluta de pacientes com covid-19, a ocupação é de 89,6%. 

A situação mais crítica é no Sul do Estado, onde há uso de 93,2% dos leitos adultos, seguido por Meio-Oeste e Serra, Vale do Itajaí e Planalto Norte. (Fonte NSC Total).

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios