Destaque

Sala do Empreendedor de Chapecó é referência no atendimento

Espaço físico, atendimento, clareza nas informações transmitidas, conhecimento técnico do atendente e visão geral. Esses foram os cinco principais aspectos analisados na pesquisa, com metodologia de cliente oculto, realizada nas Salas do Empreendedor de 13 municípios catarinenses engajados no ciclo II do Programa Cidade Empreendedora. A iniciativa é desenvolvida pelas Administrações Municipais e pelo Sebrae/SC.

O levantamento contempla a análise de 97 questões pesquisadas e avaliadas pela escala Likert com cinco posições em nota de zero a dez para facilitar a leitura e a comparação dos municípios. A Sala do Empreendedor de Chapecó, no oeste catarinense, é referência pelo atendimento como primeira posição no ranking com nota de 8,17, sendo que está acima da média estadual que é de 5,96, ao considerar recepção (9,17), atendimento na sala (8,91), divulgação das atividades (5) e materiais disponíveis (3,75).

Chapecó também é destaque pela clareza nas informações com a terceira posição e nota 9,00 ao considerar abordagem (9,38) e informação aos microempreendedores individuais (8,75), sendo que a média estadual é de 8,06; pelo conhecimento técnico com a quarta posição e nota de 4,11 ao analisar informação ao MEI (3,97), conhecimento sobre gestão (4,17) e técnicas de atendimento (4,50), sendo que a média estadual é de 3,37; pelos aspectos gerais com a nota 5,21, sendo que a média estadual é de 4,66 e pelo espaço físico com nota de 5,3, (a média estadual é de 5,02), avaliando ambiente externo, sala de espera e local de atendimento.

“Nos cinco aspectos analisados nessa pesquisa a Sala do Empreendedor de Chapecó apresenta crescimento nos indicadores, seja da qualidade do atendimento, das melhorias no espaço físico, na clareza das informações, no aprimoramento do conhecimento técnico e nos aspectos gerais. Isso é reflexo dos investimentos do poder público tanto em capacitações quanto no incentivo da geração de novos negócios”, observa o prefeito Luciano Buligon.

Percepção do empreendedorismo

O poder público de Chapecó também recebeu a pesquisa de imagem e percepção do empreendedorismo no município em comparação com outros 22 municípios catarinenses. O levantamento foi realizado com residentes e trabalhadores do município, por meio de entrevista por telefone. Os respondestes declaram-se como empresários (45,48%), ter filhos nas escolas (34,43%) e que empreenderam nos últimos seis meses (17,34%).

Conforme a pesquisa, 46,48% dos entrevistados estão satisfeitos com medidas de apoio ao empreendedorismo e 63,57% afirmam que o poder público municipal é um facilitador do empreendedorismo. Além disso, o levantamento analisa os seguintes aspectos: facilidade para abrir negócio (5,22); acessibilidade das informações para abertura de negócios (6,67); percepção de incentivo ao empreendedorismo (4,90) e apoio da iniciativa pública (5,77). (Fonte MB Comunicação).

Receba Notícias no seu WhatasApp?
Clique no link:  https://chat.whatsapp.com/IqM6dk1CKP9BPRhRZlDv3E 

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios