DestaqueTecnologia

Representantes da Europa visitam SC para alinhar parcerias em Ciência, Tecnologia e Inovação

As possibilidades de parcerias entre o ecossistema de Ciência, Tecnologia e Inovação (CTI) catarinense e países da Europa foram debatidas ao longo de dois dias, em Florianópolis. Organizada pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), a agenda envolveu conselheiros dos países membros e associados da União Europeia e lideranças do Governo do Estado em reuniões de trabalho e visitas técnicas, que ocorreram nesta quarta (26) e quinta (27).

A Expedição em CTI: Mobilidade, oportunidades e destaques, teve o objetivo de pensar iniciativas de interesse mútuo em CTI e geração de novos negócios. Para o presidente da Fapesc, Fábio Wagner Pinto, a primeira Expedição em CTI conseguiu aproximar mais o estado dos países europeus, ao pensar sobre estratégias de cooperação para o desenvolvimento de parcerias em áreas envolvendo pesquisa e intercâmbio de estudantes e professores, oportunidades de empreendedorismo e negócios, projetos de internacionalização.

“Tivemos representantes de diversos países aqui em Santa Catarina que puderam conhecer um pouco mais do nosso ecossistema de CTI e dialogar sobre possibilidades para que nossos empreendedores e cientistas tenham uma porta de acesso aos recursos que estão disponíveis no movimento de CTI da Europa. A Fapesc assume um papel de protagonismo nesse tipo de agenda muito com o suporte da delegação da Comunidade Europeia em Brasília e a parceria de agentes do Governo do Estado que estão trabalhando para promoção do estado no exterior. O foco está nas trocas de conhecimento, na transferência de tecnologia e na promoção de Santa Catarina junto à Europa”, afirma o presidente da Fapesc.

✅ Quer receber informações no seu celular: Clique AQUI e receba NOTÍCIAS EM SEU WHATSAPP

A abertura do evento contou com a presença da vice-governadora do estado, Marilisa Boehm. Segundo ela, o diálogo com os representantes da União Europeia foi muito importante. “Nossa meta comum de criar iniciativas que sejam de interesse de Santa Catarina e de outros países na área de CTI não são mais algo para o futuro. É algo básico para o tempo atual. Gerar mais empregos de qualidade, incentivar nossos jovens a, cada vez mais, estudar e ter condições para construir nosso estado, o Brasil e o mundo com mais qualidade de vida e de modo sustentável é uma meta do governador Jorginho Mello e minha”, enfatiza.

A vice-governadora ressalta ainda a importância da apresentação à delegação da Europa de iniciativas do Governo do Estado como os programas Mulheres+Tec e Mulheres+Pesquisa, realizados pela Fapesc, e que fomentam projetos de pesquisa, tecnologia e inovação liderados por mulheres. “É uma das mais importantes ações do Governo do Estado para apoiar o empreendedorismo feminino. E essa ação chamou muito a atenção dos europeus. Já somos exemplo nas áreas de turismo, da produção industrial, do agronegócio, da agricultura familiar e da preservação da nossa cultura. Agora estamos abrindo portas para fazer de Santa Catarina também exportar qualidade no setor de Ciência, Tecnologia e Inovação”, afirma.

O oficial em CTI da delegação da União Europeia no Brasil, Dhallys Mota Nunes, salienta que essa expedição foi um passo importante para a consolidação de parcerias. “A Expedição foi o primeiro passo para que tenhamos uma colaboração e algo concreto no futuro. A Fapesc está de parabéns por estar organizando um evento tão bem pensado. Os estados membros da União Europeia têm muito interesse em mostrar o que têm de disponível. Que esse encontro seja o primeiro de muitos”.

Academia e mercado em destaque

Ao longo dos dois dias, ocorreram mesas de trabalhos, apresentações de programas desenvolvidos em Santa Catarina e de projetos realizados por países europeus, debates sobre possibilidade de intercâmbio para estudantes do ensino superior e pesquisadores, visitas técnicas a empresas e ao Sapiens Parque.

Além de gestores da Fapesc e lideranças do Governo do Estado, a Expedição em CTI teve a participação de representantes da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), da Associação Catarinense de Tecnologia (Acate), de instituições de ensino superior públicas e privadas sem fins lucrativos de Santa Catarina, de empresas, de startups e do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios