GeralSaúde

Reaproveitamento de alimentos: O “resto” também importa

O desperdício de alimentos talvez seja um dos grandes gargalos da atualidade. Ao mesmo tempo em que produzimos grandes quantidades de alimentos, há um grande desperdício de alimentos nos estabelecimentos, como também em nossas casas, o que gera um debate sobre o reaproveitamento de alimentos na cozinha.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

Para se ter uma ideia, o relatório “Perdas alimentares globais e desperdício alimentar” publicado em 2019 pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), estima que 1,3 bilhão de toneladas de alimentos são perdidos por ano. Só no Brasil, 40 mil toneladas vão para o lixo todos os dias. Ao mesmo tempo em que essa montanha de alimentos é jogada fora, 850 milhões de pessoas sofrem de desnutrição no mundo, segundo estudo da FAO. Ainda segundo o estudo, 38% dos recursos energéticos do mundo todo são utilizados para produzir alimentos perdidos ou desperdiçados.

O chef da Escola Chef Gourmet Chapecó, Marcio Antônio Seechis Junior destaca que além de promover uma economia significativa no orçamento doméstico, o reaproveitamento de alimentos da cozinha estimula o consumo consciente, evitando assim, o desperdício. Atualmente, na escola, essa educação é repassada aos alunos, ensinando técnicas de como reaproveitar todas as partes do alimento. Segundo ele, é possível preparar pratos saborosos e assim pensar pratos de forma consciente e sustentável.

Dicas de reaproveitamento de alimentos:

* Peça para seu açougueiro de confiança desossar o peru ou os frangos. Guarde os ossos com a carcaça para fazer o caldo de base
* Lembre-se de colocar no prato apenas o que irá consumir. Por questão de higiene, as sobras do prato não podem ser aproveitadas;
* Nunca abandone a sobra da comida na panela. Guarde-a em sacos de congelamento. Se o produto para congelar for líquido, use dois sacos e congele imediatamente, retirando o máximo de ar para que o produto possa ser reaproveitado;
* Alimentos em caldas com alto teor de açúcar ou em meio ácido se conservam bem na geladeira, mas sem congelamento;
* Se for utilizar vinhos, espumantes ou refrigerantes, não jogue fora os restos, pois servem como excelentes molhos.
*Casquinhas de beterrabas viram bolos;
* Aparas de legumes viram caldo para sopas e risotos;
* Aparas de carne viram fundo escuro;
* Sobras de peixes viram caldos, pirão, bolinhos;
* Casquinhas de batatas viram petiscos tipo chips;
* Cascas e pedaços de queijos viram molhos para massa;
* Tomates maduros, viram molho para massa;
* Legumes que sobram viram recheio de torta, viram cremes.

Darlei Luan Lottermann/Assessoria de Imprensa

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios