DestaquePolítica

Quem assina carta pela democracia é ‘cara de pau’ e ‘sem caráter’, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (PL) criticou nesta terça (2), os signatários da carta em defesa do sistema eleitoral brasileiro e da democracia. “Esse pessoal que assina esse manifesto é ‘cara de pau’, sem caráter. Não vou falar outros adjetivos, porque sou uma pessoa bastante educada”, afirmou Bolsonaro, em entrevista à Rádio Guaíba, do Rio Grande do Sul.

Clique aqui e RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS  EM SEU WHATSAPP

A carta, gestada na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, ultrapassou a marca de 640 mil adesões em menos de uma semana no ar. O documento será lido em 11 de agosto e, sem fazer nenhuma menção ao presidente da República, afirma que o Brasil está “passando por momento de imenso perigo” para a normalidade democrática, com riscos às instituições e insinuações de desacato ao resultado das eleições.

Entre os signatários estão banqueiros, empresários, intelectuais e advogados. O documento contou também com a assinatura de ministros eméritos do Supremo Tribunal Federal e de docentes de diversas universidades do país, como USP, UFMG, UFRJ e UFPB.

A carta chega em meio às críticas feitas por Bolsonaro ao sistema eleitoral e às urnas eletrônicas. Recentemente, o presidente convocou embaixadores estrangeiros para levantar suspeitas contra o modelo adotado, sem apresentar provas, o que provocou reações em diversos segmentos da sociedade.

Para o diretor da Faculdade de Direito da USP, professor Celso Fernandes Campilongo, a democracia está em ameaça e é preciso que os atores do processo eleitoral depositem confiança na democracia.

“A democracia não é uma preferência pessoal. É um valor constitucional. Toda nossa ordem jurídica é calcada na democracia. Não existe espaço para qualquer posição política ou ideológica antidemocrática no nosso sistema constitucional”, disse Campilongo.

Reação

Para se contrapor à carta em defesa da democracia, o Movimento de Advogados de Direita Brasil lançou um manifesto em apoio ao presidente. Segundo o site da organização, mais de 700 mil pessoas já assinaram o documento. Na entrevista à Rádio Guaíba, Bolsonaro agradeceu aos autores da iniciativa.

“Nós, o povo brasileiro, na defesa do Brasil e do direito às liberdades do povo, pelo povo e para o povo, e em apoio ao presidente do Brasil Jair Messias Bolsonaro nos dirigimos à nação brasileira, para declarar que sem liberdade não há democracia, sem justiça não há liberdade, sem honra não há respeito, sem dever não há ordem e progresso, sem piedade não há amor e humildade, e sem esperança iremos sucumbir”, diz trecho do documento. Do R7

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios