DestaqueEconomia

Procon de Chapecó divulga pesquisa de preços do gás e combustível

O Procon de Chapecó divulgou nesta semana uma nova pesquisa de preços de combustíveis e também do botijão de gás de cozinha.

Quer ficar BEM INFORMADO?⏬
Clique AQUI e receba NOTÍCIAS EM SEU WHATSAPP
Acesse nosso grupo de NEGÓCIOS/CLASSIFICADOS

A pesquisa foi realizada em 40 postos de combustíveis do município e 24 revendas de gás, neste mês de janeiro.

O preço do litro da gasolina variou de R$ 5,59 a R$ 5,89, ficando em média a R$ 5,68. O valor é menor do que os R$ 5,77 da média da pesquisa anterior, realizada em outubro.

O diesel teve variação de R$ 5,47 a R$ 6,54. A média foi de 5,83, abaixo da média de outubro, que foi de R$ 6,00.

Já o botijão de gás variou de R$ 120,00 a R$ 133,00 para retirada no local, com média de 125,95. Em outubro a média era R$ 127,00. Já para entrega em casa a média sobre para R$ 132,23, variando de R$ 128,00 a R$ 138,00.

De acordo com o coordenador do órgão municipal de defesa do consumidor, Gustavo Vendramin, o objetivo do levantamento, que iniciou no ano passado, é orientar os consumidores e evitar cobranças abusivas.

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios