DestaqueEconomia

Procon Chapecó divulga pesquisa de preços do material escolar

A Coordenação do Procon de Chapecó divulgou na manhã desta sexta (10), a pesquisa anual de preços dos principais itens da lista de material escolar. Sete estabelecimentos foram visitados no dia 08 de janeiro de 2020. O levantamento foi realizado com base no preço de 30 produtos.

A surpresa da pesquisa do ano passado para este ano foi a redução de 1,68% no valor total, o que demonstra que a inflação não foi aplicada como sempre se espera, segundo o Coordenador Executivo, Paulo Balancelli. “A gente viu também que vale muito a pena pesquisar. No total, da lista mais barata para a mais cara houve uma variação de 136%”, informou.

A maior variação entre o menor e maior valor foi encontrada no caderno de caligrafia brochura / 40 folhas, 790%; e o menor percentual de variação está na pasta de papelão com elástico, 25%. Os pais que pesquisarem e adquirirem os materiais mais baratos vão pagar R$ 77,76, e os que pagarem mais caro vão gastar R$ 184,17. “O que a gente sempre tenta demonstrar com essas pesquisas é que o consumidor tem o poder de regular o mercado. Se ele compra no lugar mais barato, fará com que os outros estabelecimentos baixem os preços também”, garantiu Balancelli.

No site do Procon é possível acessar os detalhes da pesquisa, na íntegrahttp://bit.ly/2NeNoo3

DICAS DO PROCON

Indo às compras

– Nem sempre o material mais sofisticado é o de melhor qualidade ou o mais adequado. Evite comprar materiais com personagens, logotipos e acessórios licenciados, porque geralmente os preços são mais elevados. A publicidade exerce grande influência sobre crianças e adolescentes;

– Antes de sair às compras, verifique quais os itens que restaram do período letivo anterior e avalie a possibilidade de reaproveitá-los.  Em seguida, faça uma pesquisa de preços em diferentes estabelecimentos;

– Algumas lojas concedem descontos para compras em grandes quantidades, portanto, sempre que possível, reúna um grupo de consumidores e discuta sobre essa possibilidade com os estabelecimentos;

– Fique de olho nas embalagens de materiais como colas, tintas, pincéis atômicos, fitas adesivas, entre outros, que devem conter informações claras, precisas e em língua portuguesa a respeito do fabricante, importador, composição, condições de armazenagem, prazo de validade e se apresentam algum risco ao consumidor.

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios