Polícia

PRF flagra passageiro infectado com Covid-19 que se evadiu de hospital de Goiás

Após troca de informações entre a PRF de Goiás e Santa Catarina, policiais rodoviários federais conseguiram abordar uma carreta em Ponte Alta (SC), planalto lageano, na BR 116, nesta quinta (7), cujo passageiro, 54 anos, está infectado com o coronavírus.

Os PRFs tomaram conhecimento que uma carreta (cavalo trator + semirreboque) saiu de Goiás e estava indo para Caxias do Sul (RS), e que o passageiro, conhecido do motorista, fez o teste de corona vírus em Goiás e o resultado foi positivo, mas ele fugiu do hospital de campanha de Morrinhos (GO). O Secretário de Saúde daquele município avisou a PRF que iniciou busca ao veículo.

Em Ponte Alta, na BR 116, os policiais visualizaram o veículo e o abordaram na Unidade Operacional da PRF, tomando todos os cuidados para não haver contaminação de outras pessoas. O motorista disse que fez o teste em Goiás e o resultado foi negativo. Afirmou que não sabia que o passageiro estava infectado. O passageiro confirmou que tinha feito o teste em Goiás e o resultado deu positivo.

A PRF acionou as equipes das secretarias de saúde de Ponte Alta e de Lages, além da Regional de Saúde, que providenciaram o encaminhamento dos ocupantes do caminhão até Lages onde realizaram novos exames. O passageiro ficou internado, pois além da infeção pelo Covid-19 apresentou outras comorbidades. O motorista realizou novo teste e o resultado deu negativo, sendo ele liberado após assinar termo de compromisso de comparecer a um hospital em Caxias do Sul e realizar um novo teste.

Receba Notícias no seu WhatasApp?
Clique no link: https://chat.whatsapp.com/IqM6dk1CKP9BPRhRZlDv3E

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios