Polícia

Presa mulher suspeita de negociar estupro da filha de 5 anos

Um fato indignante chocou a pacata São João (PR), cidade com pouco mais de 10.600 habitantes.

Um cidadão de 78 anos negociou com uma mulher o estupro da própria filha dela, de 5 anos de idade. Os dois foram presos pela Polícia, que constatou que o idoso estaria abusando da criança, que era levada até sua casa pela própria mãe todas as noites.

O abuso foi descoberto por uma psicóloga do município, depois de uma conversa com a criança. A menor disse que o idoso a levava para o quarto para brincar de médico. O acusado, que já responde por estupro de vulnerável, foi encaminhado junto com a mãe da criança até a 5ª SDP de Pato Branco. A criança ficou aos cuidados do Conselho Tutelar do município.

O fato foi denunciado por um oficial de Justiça da Comarca de São João. O profissional foi até a casa do idoso para intima-lo em face do crime que responde e estranhou a presença da mulher e da criança no local, acionando a Polícia Militar. A mulher disse que tinha ido acertar um serviço de limpeza, porém a criança confirmou os abusos ao ser questionada pela psicóloga. (Fonte Portal RBJ).

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios