Destaque

Prefeitura oferece permuta de terrenos para famílias de áreas alagadiças do Eldorado

A Administração Municipal de Chapecó reuniu na manhã desta segunda (17), no auditório das Prefeitura, os moradores e proprietários de terrenos do bairro Eldorado III. Lá restam 22 terrenos com moradias e 48 terrenos sem moradia, de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado ainda em 2003, pelo município.

Clique aqui e RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS  EM SEU WHATSAPP

Estiveram presentes o prefeito de Chapecó, João Rodrigues, a diretora de Regularização Fundiária e Habitação, Edi Folle, o Procurador Geral do Município, Jauro Von Gehlen, e o Diretor de Meio Ambiente, Marck Gehlen.

A maioria dos proprietários já permutou suas áreas por outro local, mas restam estes 70 terrenos onde, segundo explicou o Procurador Geral do Município os proprietários têm as escrituras dos terrenos, mas não podem construir e nem ampliar as moradias já existentes.

“De acordo com o TAC o município é obrigado a fiscalizar e impedir edificações nesta área. Ou seja, as pessoas têm o terreno, mas ele não tem valor imobiliário pois não é permitido construir nada em cima. O município também não pode comprar os terrenos e indenizar quem tem casa”, explicou Gehlen.

A Diretora de Habitação Fundiária e Habitação, Edi Folle, destacou que na área do Eldorado III, não é permitido nem fazer novas ligações de água e energia elétrica.

O prefeito de Chapecó, João Rodrigues, complementou dizendo que o município também não pode fazer obras de infraestrutura, como a pavimentação, neste local. Além disso a maioria dos terrenos está em área alagadiça.

“Onde vocês estão nós não podemos investir, nem vocês. Diante disso nós estamos propondo a permuta dos terrenos que estão em área de banhado por terrenos em loteamento de interesse social, denominado Loteamento Uruguai, próximo do Loteamento Vento Minuano. Quem quiser pode fazer o cadastro com a equipe da Regularização Fundiária e Habitação”, disse o prefeito.

Há opção também para quem quiser permutar terreno em outra área. Alguns proprietários já fizeram a adesão e outros vão avaliar a questão.

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios