Destaque

Prefeitura de Xanxerê alinha ações para o desenvolvimento das leis de desburocratização

Desde que assumiram o mandato, o prefeito de Xanxerê, Oscar Martarello, e o vice-prefeito, Adenilso Biasus (Foto), estão alinhados no propósito de tornar Xanxerê uma cidade de fato empreendedora. Na manhã desta sexta (22) estiveram reunidos de forma remota, o Biasus, que é também secretário de Desenvolvimento Econômico, as consultoras do Sebrae, Sueli Lira e Simone Grobe, e a Agente de Desenvolvimento, Elisiane Silveira para uma reunião que enfatizou que o contrato do programa Cidade Empreendedora com o Sebrae terá como foco principal o assessoramento para desenvolvimento de leis que simplifiquem e aperfeiçoem o ambiente de negócios em Xanxerê, tornando os serviços mais simples, fáceis e ágeis.

Já foram feitas diversas reuniões de alinhamento com os funcionários da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, sendo que em uma delas Biasus já havia solicitado um levantamento de todas as leis do município que tratam do empreendedorismo municipal. Xanxerê já possui leis que preveem alguns tratamentos diferenciados aos microempreendedores, incentivos, valorização das propriedades agropecuárias e a criação da incubadora.

“A implementação da política de desburocratização no âmbito do Executivo Municipal é um mecanismo de proteção e participação dos empresários com os serviços públicos, buscando a eliminação de barreiras burocráticas prejudiciais à adequada prestação de serviços públicos e ao desenvolvimento de atividades econômicas privadas”, ressalta o secretário Adenilso Biasus.

Durante a reunião Biasus reafirmou o compromisso da prefeitura em promover a competitividade e o desenvolvimento sustentável dos pequenos negócios e fomentar o empreendedorismo para fortalecer a economia local, destacando programas como o SC Bem Mais Simples e a vontade de contribuir para que Xanxerê alcance a efetividade desejada na concepção de soluções, monitoramento e prestação de contas de práticas de desburocratização do ambiente empreendedor.

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios