Prefeitura de Chapecó conclui asfalto em Marechal Bormann

Foto: SECOM/PMC

A Administração Municipal de Chapecó concluiu no início de março as obras de asfalto em dois trechos no Distrito de Marechal Bormann. As ruas Afonso Scheffer e Edson Langenberg receberam pavimentação asfáltica, drenagem, sinalização e passeios públicos. O investimento soma R$ 200.822,22, oriundos do Programa Nacional de Regularização Fundiária, do Governo Federal.

A empresa vencedora do processo licitatório, responsável pelas obras, foi a Construtora Oliveira. Os trabalhos iniciaram no final do mês de janeiro pela rua Edson Langenberg. Nesse local, o principal objetivo da nova pavimentação, além de proporcionar maior mobilidade, foi evitar alagamentos com a realização de serviços de drenagem. A área total da pavimentação é de 587,15m² e dos passeios públicos, de 201,74m².

O outro trecho asfaltado foi o acesso ao CEIM Nova Vida, na rua Afonso Scheffer. A pavimentação alí passou a oferecer maior segurança para as crianças e para toda a comunidade escolar, principalmente em dias de chuva, por se tratar de um local íngreme. Além disso, a obra incluiu passeio público até o ponto de ônibus, próximo ao CEIM. A área total da pavimentação é de 161,75² e dos passeios públicos, de 239,30m². “Além de oferecer maior segurança e mobilidade aos alunos com o asfalto,  estamos construindo nessa escola mais duas salas de aula para aumentar a oferta de vagas, ampliando a acesso à educação na região do Bormann. Esse é mais um pedido dos moradores feito nas reuniões do Programa Ouvindo Nosso Bairro, que estamos atendendo”, destacou o Prefeito Luciano Buligon.

A Operadora de Caixa, Célia Adriana da Silva, mora próximo ao CEIM, e tem a filha Valentina, de quatro anos, que estuda na creche. Ela comentou sobre a importância das obras para a comunidade do Bormann. “Tô feliz que olharam aqui pra nós. Com esse asfalto não vai mais empossar água e vai ter muito mais segurança pras crianças. Eles sempre descem correndo. Eu gostei, e com essas salas novas vai ajudar muito quem não consegue vaga”, comentou a moradora.