GeralSaúde

Prefeito de Chapecó anuncia desativação da Enfermaria 2 no Centro Covid

A desativação dos 40 leitos da Enfermaria 2 do Centro Avançado de Atendimento Covid-19 (CAAC) foi anunciada pelo prefeito  João Rodrigues, na noite desta quarta (31), em transmissão nas redes sociais da Prefeitura.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

O motivo da desativação foram as quase 100 altas e cerca de 80 transferências de pacientes que foram atendidos na estrutura montada há pouco mais de um mês, no Centro de Cultura e Eventos.

“Graças ao atendimento na estrutura montada pela Administração Municipal, com apoio do Estado, Governo Federal e de doações da comunidade, agora estamos desativando mais uma ala pela falta de pacientes. O que fizemos aqui foi inédito. Montamos um hospital em tempo recorde. Agora vamos fechar as enfermarias mas manter tudo como está. Se precisar novamente é só ligar a luz e apertar um botão. Se o Estado ou o Brasil precisarem nós cedemos a estrutura ”, disse João Rodrigues.

A Enfermaria 1 fechou no sábado (27), e portanto agora, permanecem apenas seis pacientes na Unidade de Tratamento Semi-Intensivo.

O CAAC, que foi montado no Centro de Eventos de Chapecó, chegou a ter 65 pacientes na Enfermaria e 20 na UTSI. Ele começou a receber pacientes no dia 24 de fevereiro, num momento em que o Hospital Regional do Oeste estava lotado, a UPA estava lotada e já havia pacientes internados nos Ambulatórios do Ivo Silveira e da Efapi.
Em tempo recorde a Administração Municipal mobilizou as forças governamentais, institucionais e sociais, para montar 95 leitos de atendimento. Infelizmente, mesmo com todo esse esforço, 19 vidas pereceram. O alento é que mais de 100 foram salvas. Cada alta era comemorada como uma vitória pelos profissionais que trabalharam no CAAC.

Alguns episódios de solidariedade e afeto ficaram marcados, como um café-da-manhã preparado por voluntários e músicas dedicadas aos pacientes. No fim, o espetáculo da vida prevaleceu no Centro de Eventos.

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios