Polícia

Polícia Civil prende suspeito de roubo a motorista de aplicativo

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Repressão a Roubos e furtos de Chapecó – DRF/FRON, prendeu, preventivamente, na tarde desta terça (12), um homem de 32 anos, suspeito de ter praticado, juntamente com outro investigado, o crime de roubo a um motorista de aplicativo, crime esse ocorrido no dia 7 de outubro de 2020, no bairro São Cristóvão, em Chapecó.

No dia acima referenciado, dois indivíduos, solicitaram a prestação de serviços de transporte a um motorista de aplicativo, a fim de que pudessem ser transportados do bairro universitário até o bairro São Cristóvão.

Ao chegarem no bairro São Cristóvão, os investigados anunciaram o roubo, agredindo a vítima e subtraindo a importância de R$1.500,00 e um aparelho de telefonia celular.

Ciente da prática da infração penal, a Autoridade Policial e os Policiais Civis passaram a realizar diligências, a fim de identificar os suspeitos.

No dia 10 de outubro, três dias após o crime, os policiais civis identificaram os suspeitos e elaborarem relatório de investigação.

A Autoridade Policial representou ao Poder Judiciário pela prisão preventiva dos investigados, sendo deferida no dia de hoje.

Imediatamente, após o recebimento da decisão judicial, os policiais civis, na companhia da autoridade policial encontraram o suspeito, no bairro Efapi, oportunidade em que cumpriram a mandado de prisão.

O outro investigado encontra-se foragido.

O suspeito preso nesta data, foi encaminhado para o sistema prisional, local que ficará à disposição da justiça.

O inquérito policial será concluído no prazo de até 10 dias.

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios