Polícia

Polícia Civil prende suspeito de estupro de menor em Chapecó

A prisão ocorreu com base em inquérito policial da DPCAMI de Chapecó, que evidenciou que, ao longo do segundo semestre deste ano, em diversas ocasiões, o suspeito, de 47 anos, teria praticado abusos sexuais contra uma vizinha de 12 anos de idade. Apurou-se que o investigado costumava observar a rotina da vítima e se aproveitar de momentos em que ela estava sozinha em casa ou em via pública para se aproximar e, contra a sua vontade, praticar atos de cunho sexual.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

Após instruir todo o inquérito policial em menos de 48h, reunindo provas do ocorrido, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva do suspeito, pleito que, após manifestação favorável do Ministério Público, foi deferido pelo Poder Judiciário.

A prisão foi efetuada na tarde do último sábado (12), sendo o preso conduzido à penitenciária de Chapecó, onde fica à disposição da Justiça.

Polícia Civil: a polícia estadual especializada em investigações criminais

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios