Destaque

Polícia Civil prende, pela 3ª vez, dois homens que aplicam golpes em idosos

A 1ª Delegacia de Polícia de Fronteira de Chapecó, pela terceira vez em menos de três meses, prendeu outros dois homens suspeitos de aplicarem golpes do cartão clonado em idosos, na cidade de Chapecó. Ambos são do estado de São Paulo, possuem 16 e 25 anos de idade e já possuem passagens por tráfico.

A equipe de investigação recebeu informações de que os golpes estavam acontecendo ainda na tarde desta segunda-feira e passaram a levantar informações.
Graças à rapidez dos policiais civis, os suspeitos foram abordados no bairro São Cristóvão. Com eles foram encontradas dezenas de máquinas de cartão de crédito, dinheiro, celulares, além dos cartões das vítimas.

Entenda e previna o golpe

Os golpes começavam quando as vítimas, todas idosas, recebiam ligações telefônicas de uma pessoa se dizendo funcionária de um banco e que os cartões estariam clonados, sendo necessário o imediato cancelamento. Para isso, logo depois da ligação um homem, desta vez de carro, chegava na cada do idoso, coletava os cartões, que logo depois eram usados para saques no caixa eletrônico e máquinas de cartão.

Facção criminosa

Lembrando que já foram seis presos pelo mesmo motivo em menos de 3 meses, e todos possuem suspeita de envolvimento com facção criminosa de São Paulo, que atua em vários estados do Brasil.

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios