Polícia

Polícia Civil prende autor de homícidio contra o padrasto

A Divisāo de Investigação Criminal – DIC da Polícia Civil de Chapecó cumpriu na tarde desta quinta (4), mandado de prisão expedido contra um homem responsável por matar o próprio padrasto.

A investigação demonstrou que o cidadão de 26 anos, natural de Xanxerê, executou a vítima com diversos disparos de revólver calibre .38 SPL em 21 de fevereiro passado.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp

O crime foi praticado durante uma confraternização familiar e teria sido motivado por um desentendimento banal, que acabou resultando em briga generalizada minutos antes do evento fatal.

A vítima era padrasto do autor, que confessou a prática do crime e, posteriormente, apontou aos policiais o local onde estava escondida a arma de fogo utilizada.

O homem de 49 anos atingido pelos múltiplos disparos nāo resistiu aos ferimentos e faleceu ainda a caminho do hospital.

Ambos, autor e vítima, já registravam histórico de envolvimento em outros crimes.

O preso foi encaminhado ao presídio regional de Chapecó, onde aguardará à disposição da justiça.

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios