Polícia

Polícia Civil interdita bar em Pinhalzinho

Na tarde desta terça (7), a Polícia Civil interditou provisoriamente um bar no Distrito Industrial de Pinhalzinho (SC). O motivo é que na noite de sábado (4), ocorreu uma festa junina no local e, de acordo com informações repassadas pela Polícia Militar havia mais de 120 pessoas no referido evento.

De acordo com as informações preliminares, além de haver aglomeração de pessoas, algumas estavam dançando e outras sem máscara, em evidente descumprimento às normas sanitárias até então impostas pelo Governo do Estado de Santa Catarina, em decorrência da pandemia do coronavírus.

Diante dos fatos, a Polícia Civil instaurou Termo Circunstanciado para apurar possíveis crimes de desobediência e de infração de medida sanitária preventiva praticados na ocasião. Além disso, também foi instaurado procedimento administrativo no âmbito do setor de jogos e diversões da Delegacia, por meio do qual se determinou a interdição provisória do estabelecimento.

Receba Notícias no seu WhatasApp?
Clique no link: https://chat.whatsapp.com/J4WlEehakUP9cOsnsHJ4Ng 🤳

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios