Polícia

Polícia Civil esclarece roubo e prende assaltantes

A Polícia Civil, por meio do Setor de Investigação e Capturas da Delegacia de Pinhalzinho, cumpriu na manhã desta sexta (4), em Chapecó, mandados de prisão preventiva em desfavor de 3 indiciados por roubo a uma residência em Nova Erechim (SC).

O crime aconteceu na madrugada de 2 de abril passado, na Linha Seca, interior de Nova Erechim, quando 7 assaltantes armados entraram em uma residência, renderam a família (oito pessoas ao todo, dentre os quais uma criança de apenas 4 anos) e subtraíram inúmeros objetos, como veículos, computadores e celulares.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

A investigação, que iniciou sem qualquer suspeito, conseguiu, após mais de 4 meses de trabalho, identificar todos os 7 agressores (6 maiores e 1 menor de idade), quase todos de Chapecó e com vasto histórico policial, com envolvimento em tráfico de drogas, furto, roubo e até homicídio, tendo um deles já sido preso 5 vezes e outro 6.

Os 6 maiores, com idades entre 21 e 34 anos, foram indiciados por roubo majorado, porte ilegal de arma de fogo e corrupção de menores. Um deles está morto desde 11/04/2020, quando faleceu em confronto com a PM em Chapecó enquanto tentava arrombar agência bancária.

O Delegado responsável pediu a prisão preventiva dos outros 5. Após manifestação favorável Ministério Público, o Poder Judiciário decretou a prisão de todos eles, os quais agora também são réus em Ação Penal proposta pelo MP e responderão pelos crimes que cometeram.

Como visto, um deles está morto; a outros três foi dado cumprimento à prisão na manhã de hoje; enquanto os outros dois seguem foragidos.

Desde o crime, foram devolvidos às vítimas os dois veículos roubados, um celular, dois perfumes, óculos e dois fornos.

A investigação, que foi realizada por policiais civis de Nova Erechim e Pinhalzinho e contou com o apoio de policiais civis de Saudades, Bom Jesus do Oeste, Chapecó, Itajaí e também do Gaeco de São Miguel do Oeste, teve a realização de inúmeras diligências em Chapecó, em Itajaí e no Paraná, além da exaustiva análise de dados.

“Colabore com a Polícia Civil. Denuncie! Disque 181.”

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios