Polícia

Polícia Civil elucida estupro de vulnerável

A Polícia Civil de Chapecó (SC), pelas unidades da Central de Plantão Policial de Fronteira e Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso de Fronteira, atenderam, nesta terça (12), condução da Polícia Militar, a qual capturou suspeito de crime contra a dignidade sexual.

Realizada investigação aprofundada dos fatos durante a lavratura do procedimento correlato, verificou-se a confirmação, em tese, da prática da infração penal de estupro de vulnerável majorado, perpetrado por indivíduo do sexo masculino, pelo que indiciado pela autoridade policial, sendo, observados os requisitos legais, representado pela respectiva prisão preventiva do autuado.

Destaca-se, neste prisma, a atuação da equipe especializada da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso de Fronteira de Chapecó, a qual fornece atendimento técnico de elevada qualidade, garantindo a integridade e preservação dos envolvidos, auxiliando, de forma decisiva, na elucidação de crimes de natureza sensível, como o aqui relatado.

O indivíduo investigado permanece aguardando a manifestação judicial acerca da representação por prisão da autoridade policial. Da mesma forma, as investigações prosseguem pela delegacia especializada.
São mantidos em sigilo outros dados acerca da infração penal, para a preservação não apenas dos envolvidos, mas também das diligências que irão ser materializadas no prosseguimento da atuação policial. (Polícia Civil).

Receba Notícias no seu WhatasApp?
Clique no link: https://chat.whatsapp.com/IqM6dk1CKP9BPRhRZlDv3E

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios