Polícia

Polícia Civil de Xanxerê realiza apreensões em local de rinha de galo

A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio do Setor de Investigação da Delegacia de Polícia da Comarca de Xanxerê, coordenados pelo delegado Wesley Costa, realizou na manhã desta segunda (17) uma ação conjunta com a Polícia Militar Ambiental e a Cidasc, no bairro Frederico Ferronato, em Xanxerê (SC), em razão de investigações da Polícia Civil que apuram o crime de maus-tratos de animais, na ocasião foi dado fiel cumprimento a um Mandado de Busca e Apreensão, expedido pela Vara Criminal da Comarca de Xanxerê em desfavor de um homem de 46 anos.

⬇️Quer ficar BEM INFORMADO?⏬
👉 Clique abaixo e receba NOTÍCIAS EM SEU WHATSAPP

👉🏿Acesse nosso grupo de NEGÓCIOS/CLASSIFICADOS💰

As buscas tinham por objetivo a verificação de *aves envolvidas em rinhas de galos* e durante os trabalhos, ao verificar um cômodo anexo a residência, foi constatado a existência de 21 galos presos em gaiolas individualizadas, sendo que muitos destes continham esporas cortadas e deformações nas cristas, indícios de participarem de rinha, inclusive um deles estava com ferimentos e aparentava ter participado de rinha recentemente, e além destas, em outro espaço, foram localizados mais 23 galos presos em gaiolas individualizados e cerca de 35 aves da mesma espécie que ficavam soltos pelo terreno.

De acordo com o delegado responsável, além dos animais foram apreendidas inúmeras esporas plásticas, tesouras, serra (ainda com vestígios de sangue) e demais apetrechos utilizadas para mutilar as esporas e adaptar para uso das esporas plásticas, foram localizados ainda bicos metálicos, biqueiras de couro e luvas para proteger as esporas utilizadas durante treinamento dos galos; por fim, também foram localizadas peças do cerco utilizado nas rinhas de galos.

O investigado e todos os objetos foram encaminhados para a Delegacia para lavratura de Termo Circunstanciado, os servidores da CIDASC ficaram responsáveis por lavrar as notificações cabíveis e o termo de fiel depositário dos animais ali encontrados, sendo que as demais infrações administrativas foram lavradas pelos Policiais Militares Ambientais.

Após procedimentos legais o investigado foi liberado, tendo sido compromissado em comparecer em Juízo em data oportuna. As investigações prosseguem na DPCo de Xanxerê e serão remetidas ao Poder Judiciário no prazo legal.

COLABORE COM A POLÍCIA CIVIL, DENUNCIE! DISQUE 181

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios