Polícia

Polícia Civil apreende pé de maconha e pássaros silvestres em Cunha Porã

Após o recebimento de uma denúncia anônima de que havia uma plantação de maconha em uma residência nesta cidade, a Polícia Civil de Cunha Porã localizou no pátio de uma residência no centro da cidade, a poucos metros da via pública, um pé de maconha e alguns pássaros silvestres mantidos em cativeiro.

Com a chegada do morador no local, também foram apreendidas objetos e algumas porções de droga para consumo pessoal.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

O investigado foi autuado por maus tratos aos animais e posse de drogas para uso pessoal, sendo liberado após assinar o termo de comparecimento ao Juizado Especial Criminal.

A Polícia Civil esclarece que apesar de ser uma prática comum, muitas pessoas não sabem que manter em cativeiro ou capturar pássaros silvestres é crime que além de prisão de 3 meses a 1 ano pode gerar multa de até R$5.000,00 por animal apreendido.

Denuncie. Colabore com a Polícia Civil – Disque 181 ou (49) 3646-0220 (Telefone e WhatsApp da Delegacia de Cunha Porã).

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios