DestaquePolítica

POLÊMICA: Deputado Altair Silva se pronuncia

Face as notícias veiculadas na imprensa catarinense na data de hoje, em que pese minha decisão quanto ao impeachment do Governador e de sua Vice-governadora, ter relação com a destituição do então presidente do PSL de Chapecó é necessário esclarecer que:

Meu posicionamento quanto ao impeachment já é conhecida de todos.

Desde o início do processo, deixei claro a população e aos meus eleitores em entrevistas concedidas a imprensa de todo Grande Oeste, em especial Chapecó, que “minha postura sempre foi de isenção e imparcialidade, serena, observando a Constituição e as leis, as quais sou súdito. Por essa razão meu voto será em observância ao ordenamento jurídico vigente e ao melhor da política, que não sacrifica o direito para prevalecer a vontade dos mais fortes.”

Diferente do que estão propalando na imprensa e nas redes sociais, a intervenção ocorreu pelo descumprimento de uma decisão ou orientação do PSL, e não por intervenção deste deputado, não tenho poder algum para interferir em decisões de outras agremiações políticas.

A base do PSL, seus pré-candidatos e vereadores tinham pensamento divergente do seu presidente, tanto que no último sábado, foram reunidas as bancadas de vereadores do PSL e do PP, onde também estava o presidente municipal do PSL. Conversamos, e todos unanimemente apelaram para que o presidente do PSL local juntamente com o partido Patriotas formássemos uma única frente da direita. Conversa esta que não prosperou, mas até onde se sabe este desejo continuou.

Mais uma vez reitero que, em momento algum meu voto no dia de hoje pesou para tal decisão do Diretório Estadual do PSL, pois o mesmo já estava definido antes mesmo do período das convenções, e não faço política na base da barganha.

Florianópolis, 17 de setembro de 2020.

Altair Silva
Deputado Estadual

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios