Destaque

PESQUISA: Brasileiros passaram a se endividar para comprar mantimentos em 2020

A Serasa, em parceria com a Blend New Reserch, acaba de divulgar um estudo sobre o perfil do endividamento dos brasileiros neste ano e conclui que, com a pandemia e a alta taxa de desemprego, o consumidor passou a se endividar para manter despesas básicas como mantimentos e contas de luz, água e aluguel.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

Tal atitude também é observada em como o auxílio emergencial foi utilizado: 64% dos usuários usaram ou pretendem usar o valor para despesas domésticas. Outro fator que corrobora com essa descoberta é que mesmo com o período de lockdown no país, o que diminuiu e limitou as opções de gastos, o cartão de crédito ainda liderou o ranking de dívidas, um indicativo de que o recurso tem possivelmente sido utilizado para compras essenciais.

Mesmo o desemprego tendo ficado estável como maior motivo de endividamento quando comparado ao ano anterior, a suspensão ou alteração do contrato de trabalho pode ter afetado a capacidade financeira da população.“Quando a renda do brasileiro é cortada, seja em partes ou por completo, o cartão de crédito é o primeiro recurso para manter compras cotidianas, mesmo que isso possa se tornar uma dívida futuramente”, afirma gerente de marketing da Serasa, Matheus Moura.

Outro fator relevante é que, apesar de estarmos no meio de uma pandemia, em 2020, o endividamento com gastos de saúde não está entre os mais citados como motivo de endividamento, diferentemente de 2018 e 2019.

Motivos de endividamento 

201820192020
49%Desemprego40%Desemprego40%Desemprego 
20%Descontrole21%Descontrole14%Descontrole 
6%Saúde11%Emprestei o nome11%Alimentação/Gastos rotina 
6%Atraso de salário6%Saúde10%Emprestei o nome 
5%Alimentação/Gastos rotina6%Atraso de salário6%Atraso de salário 
20%Outros17%Outros19%Outros 

A pesquisa também aponta que oportunidades de limpar o nome, ficar livre das dívidas e voltar a ter crédito no mercado são o que interessa para o consumidor. Tendo como maiores motivos para renegociar uma dívida  ter o “nome limpo” (54%) e se deparar com uma ótima oferta para quitar o débito (24%), a Serasa tem investido em ações que apoiem o consumidor nessa jornada como o Feirão Serasa Limpa Nome, que tem ofertas agressivas com mais de 50 empresas de diversos setores que chegam a 99% de desconto.

O 26º Feirão Serasa Limpa Nome acontece até 21 de dezembro em todas as plataformas oficiais da empresa disponibilizando mais de 64 milhões de débitos com ofertas diferenciadas. Desde o início dessa edição, já foram mais de 4 milhões de dívidas negociadas.

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios