Notícias

Pedágio do Carinho da Apae Chapecó fomentará solidariedade 

Sábado de solidariedade. Assim será o dia 9 de novembro, o segundo sábado do mês, data na qual voluntários estarão nas principais ruas de Chapecó para mais um Pedágio do Carinho. Essa iniciativa ocorre anualmente para angariar recursos financeiros à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae).

As doações serão aplicadas em reformas que se fazem necessárias para a adequação dos serviços ofertados e que são dirigidos para pessoas com deficiência intelectual, múltipla ou autismo, assinala o presidente da Apae Chapecó, Leandro Ugolini. A instituição atualmente atende a 310 usuários, na faixa etária de dois meses a 70 anos, com ações de assistência social, saúde e educação.

A iniciativa, que está em sua nona edição, ocorrerá das 8h às 11h30 e das 11h às 14h30, com equipes em 13 pontos no perímetro urbano cidade. São eles: Avenida Getúlio Vargas (próximo ao Banco do Brasil/Centro), na esquina com a Rua São Pedro e nas proximidades do Posto Avenida; Rua Uruguai com Índio Condá; Avenida General Osório, próximo ao Celeiro Itália; Avenida São Pedro, próximo ao Supermercado Moura; Avenida Irineu Bornhausen, no Bairro Palmital, em frente ao Posto Galli; Avenida Attílio Fontana, na Efapi, em frente ao Sicoob; Avenida Fernando Machado, na sinaleira da Cooperalfa; Avenida Nereu Ramos, na sinaleira do Hotel Lang e na sinaleira da Don Sini; Avenida John Kennedy, próximo à Rodoviária; e na Feira de Produtos Coloniais, nas proximidades do INSS.

Nesta edição, o total de participantes que atuam no Pedágio do Carinho chega a 300. Além dos colaboradores e usuários da Apae Chapecó, participam dessa ação social representantes de associações de classe, clubes de serviços, empresas, universidades e outras instituições. (Informações Extra Comunica).

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios