DestaqueInternacional

Pandemia reaproxima líderes e pode fortalecer o Mercosul

O Mercosul (Mercado Comum do Sul) tem um grande desafio para enfrentar nos próximos meses: além de uma crise sanitária e econômica sem precedentes, ajustar as relações diplomáticas. A pandemia do coronavírus fragilizou ainda mais a economia de países que já estavam em queda, mas as divisões no bloco ficaram menos evidentes no último encontro dos líderes.

Esta é a avaliação do professor do Ibmec-MG e doutor em ciências políticas pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), Christopher Mendonça. A reunião virtual do dia 2 de julho foi marcada pela chegada do uruguaio Luis Lacalle Pou à presidência do bloco, que chegou reforçando o pedido de empenho dos líderes para o acordo com a União Europeia.

“A preocupação com os destinos econômicos dos seus respectivos países foi crucial para a mudança de tom no discurso dos presidentes que já demonstram uma maior consonância. O discurso do novo presidente do bloco é de intensificação dos trabalhos, o que pode sim apresentar um novo fôlego à relação entre os países”, diz o professor.

Receba Notícias no seu WhatasApp
https://chat.whatsapp.com/J4WlEehakUP9cOsnsHJ4Ng
🤳

Segundo Mendonça, os reflexos das quedas bruscas na economias dos Estados Unidos, China e da União Europeia deverão ser sentidos também pelos países da América do Sul, o que de certa forma tornou parceiros comerciais próximos mais atraentes e reaproximou antigos “amigos”.

Falta de protagonismo

O Brasil, dada a importância econômica para a região, sempre liderou as relações com os países do bloco, conforme explica o professor Mendonça. Mas, nos últimos anos, apresentou uma atuação diplomática cada vez mais apagada.

Essa falta de protagonismo é um dos pontos que enfraqueceu o Mercosul, além das divergências políticas do presidente Jair Bolsonaro e Alberto Fernandez, da Argentina.

A falta de diálogo já esteve em momentos mais delicados, como quando Bolsonaro chegou a ameaçar deixar o bloco e não compareceu à posse de Fernandez. No entanto, os desafios do presente parecem ter tocado os líderes e antigos parceiros comerciais.

“A reunião mais recente foi positiva no sentido de que houve um arrefecimento destas tensões. Embora não tenham dialogado de forma direta, Fernández e Bolsonaro reafirmaram a visão de que o Mercosul seja a janela da América do Sul para o mundo, sobretudo em questões comerciais”, aponta Mendonça.

Uma das grandes diferenças entre as políticas de Fernandez e Bolsonaro está justamente nas medidas econômicas, que poderão resultar em mais um entrave para as negociações. Enquanto Fernandez aposta na defesa de setores produtivos em seu país, Bolsonaro defende uma maior abertura comercial.

Mas Mendonça destaca que o novo presidente uruguaio também deverá abordar estas divergências. “O presidente Lacalle Pou chama a atenção não apenas para o esforço de aceleração das negociações com a União Europeia como, também, para uma necessária ampliação da habilidade diplomática que garanta o equilíbrio nos termos do acordo no sentido de fortalecer o bloco”, lembrou. (Fonte Agência Brasil).

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios