Pais e alunos são orientados sobre colesterol elevado na infância

????????????????????????????????????

Para conscientizar sobre a importância de controlar o colesterol, desde a infância, a Unimed Chapecó, através do Núcleo de Atendimento Personalizado a Saúde (NAPS), promove até esta sexta (9) ações de orientações com pais e estudantes do Colégio Exponencial, em Chapecó. As atividades são desenvolvidas em dois momentos, com os pais, todos os dias às 18h15, no auditório do Bloco C, e com as crianças na quarta e quinta-feira (07 e 08) no período vespertino.

As enfermeiras do NAPS, Catia Leticia Viana e Suelen Cristina A. Schinaider, explicam que há crianças que apresentam colesterol elevado, o que preocupa pais e profissionais da área da saúde. “A intenção é orientar sobre a dislipidemia na infância, esclarecer dúvidas sobre a partir de que idade é necessário dosar o colesterol e os fatores genéticos que influenciam”, complementa Suelen.

De acordo com a endocrinologista Vanessa Bitencourt é fundamental que a família esteja atenta à saúde de seus filhos, pois mesmo seguindo uma dieta saudável, crianças e adolescentes podem ter colesterol alto. “Os cuidados devem iniciar ainda na infância. Crianças entre dois e oito anos que possuem pais ou avós com histórico de doenças cardíacas ou colesterol alto devem ter seu colesterol dosado. Entre nove e doze anos toda criança deve ter seu colesterol avaliado. Se o LDL-colesterol estiver acima de 130 mg/dl, é necessário procurar um pediatra ou um endocrinologista”, orienta.

Para a mãe de um estudante do colégio, Luciane Vial Giongo, ações que impactam diretamente a vida dos filhos, como a saúde, devem ser realizadas em conjunto da família com a escola. A mãe relata o privilégio de que os dois filhos, um com oito anos e outro com seis anos, têm uma alimentação saudável. “Eles têm consciência do que é um prato saudável, não consomem refrigerantes nem alimentos industrializados. Priorizam vegetais e frutas, inclusive temos uma horta em casa e eles auxiliam a cuidá-la. Acreditamos que, nós pais, precisamos dar o exemplo desde o início de sua formação, para que eles possam prosseguir e ter uma vida saudável”, complementa.

A coordenadora pedagógica do Colégio Exponencial, Mariluce Mantelli Guimarães, destaca que a iniciativa atingirá aproximadamente 350 estudantes e 700 pais. “Essa ação é importante por incentivar hábitos saudáveis nas crianças e adolescentes e com isso evitar efeitos negativos posteriormente”, explica.

PROGRAMAÇÃO

Nesta quarta (7), das 13h30 às 16h20, os estudantes do quarto e quinto ano receberão orientações da nutricionista do setor Multiprofissional da UnimedLeirisane Riboli. Ao todo serão seis turmas que participarão da ação, que tem duração de 20 minutos e utiliza uma linguagem adaptada para facilitar a compreensão.

Nesta quinta (8), a atividade ocorrerá das 13h30 às 16h50, com alunos do primeiro, segundo e terceiro ano. Ao todo serão beneficiadas sete turmas com orientações da endorinologista Vanessa Bitencourt.

Vanessa Bitencourt enaltece que é fundamental a família estar atenta à saúde dos filhos

Até sexta (9), às 18h15, no auditório do Bloco C do Colégio Exponencial os pais receberão orientações e esclarecerão dúvidas com as profissionais do NAPS, da Unimed Chapecó.

SEMANA DE COMBATE AO COLESTEROL

“Colesterol no alvo: proteja o coração dos seus filhos” é o tema da campanha 2019 da Semana de Combate ao Colesterol, promovida pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, através do Departamento de Dislipidemia e Aterosclerose.

A campanha esclarece que em pequenas quantidades o colesterol é uma gordura saudável e necessária para o organismo. Contudo, níveis altos no sangue, aliado com diabetes, hipertensão ou obesidade, se tornam um risco para crianças e adolescentes. O excesso pode se depositar na parede das artérias e causar a aterosclerose. Além disso, quando a doença não é controlada podem ocorrem complicações, a exemplo do infarto do miocárdio e do acidente vascular cerebral (AVC).

As principais causas de elevação do colesterol na infância e na adolescência estão relacionadas à alimentação rica em gorduras, o excesso de peso e o sedentarismo. As fases de desenvolvimento são importantes na prevenção de doenças do coração, por isso os hábitos de vida formados nesta etapa são fundamentais para a qualidade de vida do adulto.

Pequenas mudanças no cotidiano auxiliam no controle do colesterol e, por isso é importante evitar: biscoito recheado, bolo, chocolate, sorvete, hambúrguer, batata frita, refrigerante, fritura e alimentos utraprocessados. Também é importante reduzir o tempo de exposição na frente de televisores, videogames ou celulares. Uma alimentação saudável inclui verdura, legume, fruta, peixe, frango, leite e queijo branco. Os pais devem incentivar seus filhos a praticar esportes e desenvolver brincadeiras ao ar livre.  (MB Comunicação).