InternacionalPolícia

Padre e fiéis são esfaqueados em missa transmitida ao vivo

Um homem esfaqueou um padre e vários paroquianos durante uma missa em uma igreja cristã em Sydney, na Austrália, que estava sendo transmitida ao vivo pela internet. O fato ocorreu na última segunda (15).

As vítimas não sofreram ferimentos com risco de morte, de acordo com autoridades locais, e todos foram socorrido pelos serviços de emergência.

A polícia do estado de Nova Gales do Sul, em comunicado, afirmou que o suspeito preso está cooperando com a investigação, sem dar mais detalhes sobre a causa do ataque.

A cerimônia religiosa era transmitida ao vivo em redes sociais, quando o homem se aproximou do altar e esfaqueou o padre várias vezes, inclusive no chão, enquanto os paroquianos correm para ajudá-lo e conseguem parar o agressor.

✅ Quer receber informações no seu celular: Clique AQUI e receba NOTÍCIAS EM SEU WHATSAPP

Identificado como Mar Mari Emmanuel, o padre conta com milhares de seguidores em redes sociais e se popularizou durante a pandemia de Covid-19 por causa de seus sermões contra as vacinas e a população LGBT+, segundo o jornal The Sydney Morning Herald.

Esse esfaqueamento ocorreu cerca de 48 horas depois de outro incidente similar em um centro comercial na cidade australiana, que deixou sete pessoas mortas, incluindo o agressor. A polícia descartou que o ataque de sábado tenha sido terrorista e investiga nesta segunda se foi um feminicídio. Fonte EFE

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios