Polícia

Padrasto acusado de matar criança e incendiar casa é preso

A pequena Emily Maria da Rosa Monteiro havia completado 2 anos em 28 de fevereiro. A morte precoce e brutal da criança, na manhã deste domingo (5), deixou perplexa a comunidade do bairro Linha Campina Bela, em Videira, no Meio-Oeste catarinense.

O padrasto da criança, Celino Brito da Silva, 36 anos, apontado como o responsável pelo assassinato, foi preso na manhã desta segunda (6). De acordo com depoimentos colhidos no local do crime pela polícia, o homem teria estrangulado a menina antes de incendiar a casa.

O suspeito morava na casa com a companheira, Grasiele da Rosa Carvalho, a enteada de 2 anos e uma filha de seis meses. A mulher e o bebê conseguiram escapar com vida.

Celino fugiu do local do crime de carro. Mais de 30 policiais militares, além de uma equipe aérea, fecharam o cerco na busca por ele.

Após denúncia, os policiais o encontraram, na manhã desta segunda (6). Celino estava caminhando às margens da BR-116, em Santa Cecília, na Serra de Santa Catarina. O carro utilizado na fuga foi abandonado às margens da rodovia com problemas mecânicos.

Segundo os policiais que o prenderam, Celino confessou o crime. O delegado Toriel Angelo Mota Sardinha já pediu a conversão da prisão em flagrante em prisão preventiva.

Após a conclusão do inquérito, Celino deve ser indiciado pelo homicídio da criança e por tentativa de feminicídio contra a esposa. Se condenado, poderá ser penalizado em até 30 anos de prisão por cada crime. (Fonte ND Mais).

Receba Notícias no seu WhatasApp?
Clique no link:  https://chat.whatsapp.com/LghOsEwYAqyI6U64hKIOjs

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios